sicnot

Perfil

País

Portugal entre os quatro países da UE com menos feriados

Os países da UE com menos feriados são o Reino Unido e a Irlanda, com seis cada um, seguidos de Portugal e Alemanha, com nove.

LUSA

Quatro partidos portugueses levam na sexta-feira ao plenário da Assembleia da República iniciativas legislativas para a reposição de feriados suspensos em 2012.

O PS propõe apenas a reposição imediata dos dois feriados civis, enquanto PCP, BE e PEV querem reintroduzir os quatro suspensos em 2012: Implantação da República, a 05 de outubro, a Restauração da Independência, a 01 de dezembro, e os feriados religiosos do Corpo de Deus (móvel) e Dia de Todos-os-Santos (01 de novembro).

Em 2011, os portugueses assinalavam no calendário 13 feriados, seis civis e sete religiosos.

De acordo com as páginas digitais oficiais governamentais e do turismo dos Estados-membros da UE, Chipre, Eslováquia e Suécia lideram com 15 feriados.

Seguem-se a Bulgária, Letónia e Malta com 14. Áustria, Croácia - a última adesão aos 28 - e Grécia têm 13 dias feriados nacionais.

Bélgica, República Checa, Estónia, Eslovénia, Finlândia, Itália, Lituânia e Polónia registam 12, seguidos pela Dinamarca, Hungria, Holanda e Espanha com 11.

França, Luxemburgo e Roménia registaram no corrente ano dez dias feriados.

Lusa

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Reis de Espanha enviam mensagem para funeral das vítimas portuguesas
    0:52
  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13