sicnot

Perfil

País

Hospitais públicos podem em caso de rutura desviar doentes para privados

Hospitais públicos podem em caso de rutura desviar doentes para privados

Os centros de saúde vão estar abertos até mais tarde durante o pico da gripe e os hospitais vão ter mais camas para evitar eventuais ruturas no Serviço Nacional de Saúde. As medidas estão previstas no plano de contingência que está a ser ultimado pelo Governo. Em caso de rutura das urgências e em último recurso, os hospitais públicos e os centros de saúde podem reencaminhar os doentes para os privados.

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.