sicnot

Perfil

País

Euromilhões de 163,5 milhões vai para Coimbra

O primeiro prémio do Euromilhões de hoje, no valor de 163,5 milhões de euros, foi atribuído a um apostador que registou o boletim em Coimbra, informou a Santa Casa da Misericórdia.

© Charles Platiau / Reuters

Desde que teve início, em 2004, o Euromilhões já contemplou 58 apostadores portugueses com o primeiro prémio.

Segundo a Santa Casa da Misericórdia, esta noite foi atribuído o quinto primeiro prémio em 2015, em Portugal.

O maior prémio de sempre atribuído em Portugal foi de 190 milhões de euros, entregues a um apostador de Castelo Branco, em outubro de 2014.

O segundo prémio vai ser distribuído por oito apostadores, nenhum dos quais em Portugal, que vão receber, cada um, cerca de 355 mil euros.

Com o terceiro prémio foram apurados também oito apostadores, um dos quais em Portugal, que vão receber, cada um, cerca de 118 mil euros.

O quarto prémio vai ser distribuído por 82 apostadores, dez dos quais em Portugal, que vão receber um prémio unitário de 5.782,11 euros.

A combinação vencedora do concurso 93/2015 do Euromilhões, hoje sorteada, é composta pelos números 04-30-34-46-49 e as estrelas 07 e 08.

Lusa

  • Jackpot de 162 milhões de euros no Euromilhões

    País

    O próximo Euromilhões vai ter um jackpot de 162 milhões de euros. Esta terça-feira ninguém acertou na chave do primeiro prémio, que acumula para sexta-feira. O segundo prémio vai ser distribuído por dois apostadores estrangeiros. Em Portugal, cinco pessoas ganharam o quatro prémio. Cada uma vai receber cerca de 6.300 euros.

  • Hoje é dia de jackpot no Euromilhões
    2:17

    País

    Hoje é dia de jackpot, com 129 milhões de euros em jogo no Euromilhões. Em Portugal já foram sorteados 57 primeiros prémios, o que some cerca de 1,5 mil milhões de euros. Há cerca de um ano um apostador português ganhou 190 milhões.

  • Estacionamento às portas de Lisboa por 50 cêntimos/dia
    1:55

    País

    Lisboa vai ter novos parques de estacionamento, em zonas periféricas. O estacionamento vai custar 50 cêntimos por dia para condutores que tenham um título de transporte público válido.  A EMEL quer evitar a entrada de tantos carros no centro da cidade.