sicnot

Perfil

País

Proteção Civil alerta para frio e vento forte a partir de sábado

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) emitiu hoje um aviso à população sobre as condições meteorológicas adversas de frio e vento forte, a partir de sábado, e sobre as medidas preventivas a adotar.

MIGUEL A. LOPES/ LUSA

Em comunicado, a ANPC refere que, para os próximos dias, está prevista uma descida acentuada das temperaturas, que vão rondar os 6 e os 9 graus no interior e os 10 e 15 graus no litoral, situando-se ainda as temperaturas mínimas abaixo dos zero graus nas regiões do interior norte.

A ANPC refere também que o vento vai soprar moderado a forte, especialmente no litoral oeste e nas terras altas, até meio da tarde de sábado, que diminuirá de intensidade no domingo, além da possibilidade de formação de gelo e geada nos vales mais abrigados do interior.

A Proteção Civil destaca que as características de tempo frio, associadas ao vento que se fará sentir, vão aumentar "a sensação de desconforto térmico na população".

Nesse sentido, a ANPC refere que poderão ocorrer situações como piso rodoviário escorregadio devido à formação de geada, em especial nas regiões do interior, intoxicações por inalação de gases em habitações onde se utilizem aquecimentos com lareiras e braseiras e incêndios em casas resultantes da má utilização de lareiras e braseiras ou avarias em circuitos elétricos.

A Proteção Civil chama também à atenção que é "necessário dar especial atenção aos grupos populacionais mais vulneráveis", como crianças, idosos e sem-abrigo.

Como medidas preventivas, a Proteção Civil aconselha a população a adotar comportamentos adequados, dando especial atenção aos aquecimentos com combustão, que podem causar intoxicação e levar à morte e evitar conduzir em local onde se forme geada na estrada.

A ANPC indica ainda que se deve assegurar uma adequada ventilação das habitações, evitar o uso de dispositivos de aquecimento durante o sono e dar especial atenção a pessoas idosas e em condição de maior isolamento.

Lusa

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Atrás das Câmaras em Fátima
    2:48
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • Furacão Maria já causou pelo menos nove mortes

    Mundo

    O furacão Maria já causou pelo menos nove mortos durante a sua passagem pelas Antilhas Menores, tendo baixando para uma tempestade de grau três depois de atravessar Porto Rico, segundo as autoridades.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC