sicnot

Perfil

País

Duas pessoas internadas em Lisboa com botulismo

A Direção-Geral de Saúde informou, em comunicado, que foram internadas duas pessoas num hospital de Lisboa com diagnóstico de botulismo alimentar.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

REUTERS/ ARQUIVO

"Há um terceiro caso suspeito", refere em comunicado.

Segundo a Direção-Geral de Saúde, na origem do caso deverá estar o "consumo por uma família residente em Lisboa de presunto por si preparado artesanalmente na zona do Fundão".

"Outras pessoas que possam ter consumido o mesmo alimento foram devidamente aconselhadas e avaliadas, tendo sido informadas sobre os procedimentos a seguir em caso de aparecimento de sintomas", salienta aquele organismo.

A Direção-Geral de Saúde esclarece também que a atual situação não está ligada ao problema identificado em setembro na região de Trás-os-Montes.

"Aconselha-se a população a ter particular atenção no consumo de produtos preparados artesanalmente, principalmente quando não é possível verificar o cumprimento dos padrões de segurança alimentar", alerta a Direção-Geral de Saúde.

O botulismo alimentar é uma doença grave, de evolução aguda, com sintomas digestivos e neurológicos, resultante da ingestão de diversos tipos de alimentos, contendo toxinas formadas pelo Clostridium botulinum no próprio alimento.

Lusa

  • Está uma baleia no Cais do Sodré, em Lisboa

    País

    A capitania do Porto de Lisboa confirma a notícia. O cetáceo, um cachalote-pigmeu com cerca de dois metros, está morto. Encontra-se encalhado junto à margem norte do Rio Tejo. A situação está a ser acompanhada pelas autoridades.

    Em atualização

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.