sicnot

Perfil

País

Corpo de baleia com 18 metros dá à costa em praia de Alcobaça

O corpo de uma baleia com cerca de 18 metros de comprimento deu esta segunda-feira à costa na praia do Vale Furado, no concelho de Alcobaça, informou fonte da Capitania da Nazaré à agência Lusa.

CARLOS BARROSO / Lusa

CARLOS BARROSO / Lusa

De acordo com o comandante da Capitania do Porto da Nazaré, Paulo Agostinho, o animal estava muito magro.

"Segundo indicações da bióloga do Cram-Q - Centro de Reabilitação de Animais Marinhos de Quiaios, Figueira da Foz, o animal estaria doente e acabou por dar à costa hoje à tarde", já morto, adiantou Paulo Agostinho.

O responsável informou que a Polícia Marítima, com a Proteção Civil local, esteve na praia do Vale Furado, no distrito de Leiria, a acompanhar os trabalhos dos biólogos do Cram-Q que "recolheram amostras para análises".

"Trata-se de uma baleia de espécie comum, com cerca de 18 metros de comprimento e com um peso entre 10 e 15 toneladas", acrescentou.

Paulo Agostinho informou também que os trabalhos de remoção deverão iniciar-se na terça-feira de manhã: "É uma remoção com grau de dificuldade máximo, uma vez que não há acesso ao local nem por terra nem por mar."

O animal terá, por isso, de ser "cortado", pois a praia é "circunscrita por rochas, inclusive no espelho de água", "sem acesso sequer a qualquer veículo de emergência".

A 10 de novembro, uma tartaruga gigante também deu à costa, a sul da praia São Pedro de Moel, no concelho da Marinha Grande, no mesmo distrito.

Lusa

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.

  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.