sicnot

Perfil

País

Homem e mulher detidos são suspeitos da morte de ex-deputado do CDS-PP na Madeira

O homem e a mulher detidos pela Polícia Judiciária (PJ) no Funchal são os suspeitos da morte do ex-deputado do CDS-PP/Madeira Carlos Morgado, cujo corpo foi encontrado enterrado no quintal de uma casa, disse hoje à Lusa fonte policial.

Segundo a mesma fonte, "tudo indica que o homicídio terá ocorrido num contexto de um roubo".

Uma outra fonte da PJ afirmou à Lusa que os suspeitos são um homem de 36 anos e uma mulher de 25 anos.

Esta fonte da PJ precisou, ainda, que o homicídio ocorreu na freguesia do Imaculado Coração de Maria, no Funchal, e que o corpo foi encontrado ao final da tarde de quinta-feira -- e não na madrugada de hoje, como inicialmente foi anunciado -, enterrado no quintal da residência de um dos suspeitos.

O crime terá ocorrido numa residencial no Funchal.

A vítima, de 66 anos, estava oficialmente dada como desaparecida desde 01 de março deste ano - e não desde fevereiro de 2014, como inicialmente tinha sido indicado por fonte da PJ.

O corpo foi encontrado num terreno onde existe uma vala minúscula com cerca de um metro, tendo à volta cimento e pedra (tipo laje), sendo visíveis vestígios de saco de plástico preto com mau cheiro e roupa em decomposição, constatou a Lusa no local.

Os moradores na zona recusaram comentar a situação, tendo uma residente apenas referido nunca se terem apercebido de nada e só ouviram "um reboliço" na quinta-feira.

O antigo parlamentar centrista, que era professor aposentado, resida na Ribeira Brava, no concelho a oeste da Madeira, foi dado como desaparecido em março deste ano. Na ocasião, o seu carro foi encontrado estacionado junto de uma das grandes superfícies comerciais do Funchal.

Carlos Morgado ocupou o lugar de deputado na Assembleia Legislativa da Madeira em substituição de José Manuel Rodrigues - quando este foi eleito para a Assembleia da República -, passando a independente antes de deixar o parlamento, no final de 2012.

Lusa

  • "O Governo elegeu o PSD e o CDS-PP como uma espécie de forças do mal"
    1:06

    País

    Pedro Passos Coelho diz que seja quem for o próximo líder do PSD, dificilmente o "radicalismo" do Governo vai permitir que exista diálogo. Depois de António Costa ter dito que a relação com o PSD vai melhorar com a futura liderança, foi a vez de Passos afirmar que foi o Governo que encarou sempre a oposição como uma "força do mal".

  • Morreu o jornalista Pedro Rolo Duarte

    País

    Morreu Pedro Rolo Duarte. O jornalista tinha 53 anos e não resistiu a um cancro. Pedro Rolo Duarte estava internado nos cuidados paliativos do Hospital da Luz, em Lisboa. Trabalhou em imprensa, na rádio e na televisão.

  • Panorama BBC revela e analisa documentos dos Paradise Papers
    2:22

    Mundo

    Depois dos Panama Papers chegaram os Paradise Papers, documentos revelados e analisados por dezenas de órgãos de imprensa mundial. Esta noite, na SIC Notícias, o Panorama BBC revela e analisa documentos relacionados com este processo.

    Hoje na SIC Notícias