sicnot

Perfil

País

Polícia Marítima resgata 33 refugiados do mar perto da Grécia

A equipa da Polícia Marítima (PM) em missão na ilha grega de Lesbos resgatou 33 refugiados da embarcação que navegava em piloto automático após ter sido abandonada por facilitador, indicou hoje a Autoridade Marítima Nacional (AMN).


Em comunicado, a AMN explica que a PM detetou, durante uma patrulha noturna feita de madrugada, uma embarcação aparentemente vazia, que levava um rumo irregular e se dirigia para uma zona rochosa, tendo a equipa decidido aproximar-se para a revistar com o objetivo de clarificar a situação.

Quando a equipa da PM se aproximou da embarcação, constatou que estavam a bordo 33 refugiados, sete das quais crianças, estando o barco a navegar em piloto automático após ter sido abandonado por um facilitador, adianta a AMN, sublinhando que antes do resgate das mulheres e crianças para a embarcação portuguesa foram distribuídos coletes salva-vidas aos refugiados que não dispunham deste equipamento.

Os restantes refugiados mantiveram-se no pequeno veleiro que foi depois governado por um dos quatro elementos da PM que se encontrava na patrulha, auxiliado por um segundo membro da equipa, tendo todos desembarcado em segurança.

Desde 01 de outubro que uma equipa da Polícia Marítima (PM) está no Mar Egeu, na Grécia, no âmbito de uma operação da Agência Europeia da Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia (Frontex), denominada "Poseidon Sea 2015" com "o objetivo de cooperar no controlo e vigilância das fronteiras marítimas gregas e no combate ao crime transfronteiriço".

A PM vai manter o seu apoio à guarda-costeira Grega, integrada na missão da agência FRONTEX, até ao dia 30 de setembro de 2016.

Desde o início da missão e até ao momento que a M resgatou em segurança e transportou para terra cerca de 1300 refugiados, entre os quais 261 crianças e 282 mulheres, segundo a AMN//GC.

Lusa

  • Admissão de efetivos nas Forças Armadas aquém do pedido pelas chefias
    1:42

    País

    O Ministério das Finanças autorizou a admissão de mais efetivos nas forças armadas, este ano mas a integração fica muito abaixo do número pedido pelas chefias militares. Mário Centeno só terá autorizado a integração de cerca de três mil militares em vez das cinco mil vagas propostas pelas chefias do Exército, Força Aérea e Marinha.

  • Primeiro eclipse solar 100% visível nos EUA em 38 anos
    0:40
  • Pyongyang acusa Washington de atirar "achas para a fogueira"
    1:47

    Mundo

    A Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciaram esta segunda-feira exercícios militares conjuntos. As manobras militares procuram ensaiar respostas a uma hipotética invasão da Coreia do Norte. Pyongyang já reagiu e diz que Washington está a atirar "achas para a fogueira". 

  • "É muito importante que os EUA mostrem determinação política e militar"
    0:50

    Mundo

    Os exércitos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos iniciaram hoje as manobras anuais numa altura marcada pela recente escalada de tensão entre Pyongyang e Washington. Para Miguel Monjardino, comentador da SIC, estes exercícios militares são encarados como uma provocação para a Coreia do Norte. Monjardino defende que é importante que os EUA mostrem determinação no atual clima de tensão nuclear.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08
  • Morreu o rei da comédia
    2:08

    Cultura

    Um dos grandes nomes do humor norte-americano morreu ontem, aos 91 anos. Jerry Lewis era comediante, ator, argumentista, cantor e realizador. Considerado o rei da comédia, Lewis influenciou diferentes gerações de comediantes e foi defensor de várias causas humanitárias, entre as quais a distrofia muscular.

  • A insólita entrevista de Jerry Lewis que se tornou viral
    2:39

    Cultura

    Jerry Lewis concedeu no início deste ano uma entrevista insólita que se tornou viral nas redes sociais. O comediante decidiu, pura e simplesmente, não colaborar com o entrevistado. Lewis tinha na altura 90 anos e continuava a trabalhar, tendo participado no filme "Max Rose", em 2016.