sicnot

Perfil

País

Polícia Marítima resgata 33 refugiados do mar perto da Grécia

A equipa da Polícia Marítima (PM) em missão na ilha grega de Lesbos resgatou 33 refugiados da embarcação que navegava em piloto automático após ter sido abandonada por facilitador, indicou hoje a Autoridade Marítima Nacional (AMN).


Em comunicado, a AMN explica que a PM detetou, durante uma patrulha noturna feita de madrugada, uma embarcação aparentemente vazia, que levava um rumo irregular e se dirigia para uma zona rochosa, tendo a equipa decidido aproximar-se para a revistar com o objetivo de clarificar a situação.

Quando a equipa da PM se aproximou da embarcação, constatou que estavam a bordo 33 refugiados, sete das quais crianças, estando o barco a navegar em piloto automático após ter sido abandonado por um facilitador, adianta a AMN, sublinhando que antes do resgate das mulheres e crianças para a embarcação portuguesa foram distribuídos coletes salva-vidas aos refugiados que não dispunham deste equipamento.

Os restantes refugiados mantiveram-se no pequeno veleiro que foi depois governado por um dos quatro elementos da PM que se encontrava na patrulha, auxiliado por um segundo membro da equipa, tendo todos desembarcado em segurança.

Desde 01 de outubro que uma equipa da Polícia Marítima (PM) está no Mar Egeu, na Grécia, no âmbito de uma operação da Agência Europeia da Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia (Frontex), denominada "Poseidon Sea 2015" com "o objetivo de cooperar no controlo e vigilância das fronteiras marítimas gregas e no combate ao crime transfronteiriço".

A PM vai manter o seu apoio à guarda-costeira Grega, integrada na missão da agência FRONTEX, até ao dia 30 de setembro de 2016.

Desde o início da missão e até ao momento que a M resgatou em segurança e transportou para terra cerca de 1300 refugiados, entre os quais 261 crianças e 282 mulheres, segundo a AMN//GC.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Este foi provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC