sicnot

Perfil

País

Vandalizada sede de candidatura de Sampaio da Nóvoa na Marinha Grande

A sede de candidatura de Sampaio da Nóvoa na Marinha Grande, que é inaugurada no domingo pelo candidato presidencial, foi vandalizada hoje por desconhecidos, tendo a ocorrência sido comunicada às autoridades, disse à Lusa a mandatária concelhia.

MANUEL DE ALMEIDA

Segundo Isabel Rocha, o vidro da frente do espaço onde irá funcionar a sede de candidatura, que só na quinta-feira foi identificado como tal, onde estava colado um cartaz de grandes dimensões com a cara do ex-reitor da Universidade de Lisboa, foi estilhaçado devido ao arremesso de pedras que visaram mesmo o rosto do candidato.

"Aqui na Marinha Grande nunca houve indicações de vandalização de sedes partidárias, pelo que fiquei de facto incomodada e surpreendida", disse Isabel Rocha à agência Lusa.

O ato visou única e exclusivamente a sede de candidatura de Sampaio da Nóvoa já que esta fica localizada no centro da cidade num espaço comercial onde há lojas abertas e outras abandonadas sem que qualquer destes espaços tenha sido alvo de atos de vandalismo, precisou.

"Ontem [sexta-feira] estive no local e estava tudo normal e hoje de manhã quando voltei ao espaço, por volta das 11:00, é que me deparei com um dos vidros todo estilhaçado e no interior da sede ainda está a pedra que foi atirada contra o vidro que só não ficou mais estilhaçado porque o cartaz ajudou a amortecer o impacto", disse.

A mandatária de Sampaio da Nóvoa acrescentou que a PSP tomou conta da ocorrência, que deu origem a um inquérito por se tratar de crime público, tendo a Polícia de Segurança Pública que notificar a Comissão Nacional de Eleições.

Sampaio da Nóvoa desloca-se no domingo à Marinha Grande para inaugurar a sede de candidatura, às 19:00, uma hora depois de os apoiantes deste candidato à presidência da República lhe promoverem uma receção na feira de artesanato e gastronomia, a decorrer por parque municipal de exposições da cidade, referiu Isabel Rocha.

A inauguração do espaço não está em causa apesar do ocorrido, concluiu.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28