sicnot

Perfil

País

Lisboa terá quatro dias de concertos gratuitos na passagem de ano

Um mercado de Natal na Praça do Município e quatro dias de concertos gratuitos no Terreiro do Paço, em Lisboa, são as novidades da programação natalícia e de passagem de ano apresentada hoje pela Câmara Municipal de Lisboa.

MIGUEL A. LOPES

A programação de Natal e de passagem de ano foi anunciada nos Paços do Concelho e constitui um investimento de meio milhão de euros, afirmou o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.

Entre os dias 31 de dezembro e 03 de janeiro, o Terreiro do Paço irá receber concertos gratuitos de artistas como os Trovante, Richie Campbell, Carminho e António Zambujo, D.A.M.A, Orquestra Geração, Banda Sinfónica da PSP ou a Sinfonietta de Lisboa.

Nas palavras de Fernando Medina, a autarquia quer que esta festa seja "um momento que se destine a todos", pois é "um dos grandes eventos do ano da cidade de Lisboa".

"É o maior momento de abertura e espetáculo, tirando as festas da cidade", vincou o presidente do município.

As iluminações com motivos natalícios vão adornar 34 locais da cidade, entre os quais o Chiado, a Rua Augusta ou o Rossio, onde é possível encontrar uma árvore de Natal de vários metros, em tons de dourado e de prateado.

A Câmara Municipal de Lisboa prevê um investimento de 320 mil euros numa instalação composta por mais de dois milhões de lâmpadas, que estará ligada até 06 de janeiro, das 18:00 à 01:00, e que foi acesa hoje pelo presidente do município.

Na noite de 24 para 25 de dezembro e na de passagem de ano, de 31 de dezembro para 01 de janeiro, a cidade estará iluminada entre as 18:00 e as 06:00.

Também no Terreiro do Paço será instalada uma pista de gelo, disponível entre os dias 11 de dezembro e 10 de janeiro, das 10:00 às 22:00, e as já habituais projeções de vídeo no Arco da Rua Augusta.

O tema deste ano do 'video mapping' será "As portas encantadas" e representará uma contagem decrescente para o dia de Natal. As sessões de 15 minutos serão às 19:00, 20:00 e 21:00.

A programação conta também com vários concertos de Natal espalhados por várias igrejas da cidade e também no Cinema São Jorge e no São Luiz Teatro Municipal, e feiras na Avenida da Liberdade, Restauradores, Rossio e Rua Augusta.

Também presentes na apresentação estiveram a presidente da União de Associações do Comércio e Serviços, Carla Salsinha, o diretor executivo da Associação de Turismo de Lisboa, Vítor Costa, o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Pedro Santana Lopes, e alguns dos artistas que vão subir ao palco no Terreiro do Paço.

O vocalista dos Trovante, Luís Represas, interveio em representação dos artistas presentes, mostrando-se "satisfeito por tocar numa ocasião única" e pela "garantia de qualidade na produção" dos concertos, responsabilidade de André Sardet e Álvaro Covões.

Lusa

  • Prisão preventiva para homicida de Barcelos
    1:43

    País

    O alegado homicida de Barcelos vai ficar em prisão preventiva, por quatro crimes de homicídio. Adelino Briote foi ouvido este sábado de manhã no Tribunal de Braga, depois de na sexta-feira ter alegadamente degolado quatro pessoas na freguesia de Tamel, em Barcelos.

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.