sicnot

Perfil

País

Médicas acusadas de homicídio em Guimarães dizem ter feito tudo o que puderam

As duas médicas do Hospital de Guimarães, acusadas de homicídio por negligência de uma mulher de 37 anos, garantem ter feito tudo o que puderam, pedindo os exames necessários.

A acusação diz que as arguidas desvalorizaram os sintomas e os resultados dos exames realizados.

A mulher recorreu por duas vezes ao hospital, na última já em paragem cardiorrespiratória, e acabou por morrer por falência multiorgânica.

A família de Cristina Silva pede mais de um milhão de euros de indemnização.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Erdogan apela ao reconhecimento de Jerusalém Oriental como capital
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28