sicnot

Perfil

País

Tripulação combate fogo a bordo de barco a 15 milhas da Nazaré

Seis pescadores de um arrastão que se incendiou ao largo de Pedra do Ouro, a Noroeste da Nazaré estão a tentar controlar as chamas na embarcação para que possa ser rebocada, informou a Capitania do Porto da Nazaré.

Vitor Estrelinha

"Os pescadores seguiram as indicações de segurança que lhes transmitimos e encontram-se todos bem e a tentar controlar o fogo para minimizar os danos na embarcação", disse à agência Lusa o comandante do Porto da Nazaré, Gomes Agostinho.

Segundo o mesmo responsável "o espaço das máquinas [onde deflagrou o incêndio] foi isolado para conter as chamas" que estão a ser combatidas a bordo pela tripulação, encontrando-se a embarcação da Estação Salva-vidas do Instituto de Socorros a Náufragos (ISN) da Nazaré nas proximidades para responder à "eventual necessidade de resgatar os pescadores".

De acordo com Gomes Agostinho, a Autoridade Marítima foi alertada cerca das 08:45 para o incêndio a bordo da embarcação "Mar da Galega", um arrastão com 24 metros registado no Porto de Leixões.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria informara anteriormente que os pescadores já teriam sido resgatados e estariam a ser transportados para o Porto da Nazaré, mas de acordo com o comandante da Capitania, "não houve essa necessidade", apesar de a embarcação salva-vidas estar a acompanhar o incêndio e pronta a transportar a tripulação.

As chamas deflagraram na zona das máquinas, onde "há muito material combustível" quando a embarcação navegava a 15 milhas (perto de 30 quilómetros) da costa, a noroeste da Nazaré.

"Tivemos sempre comunicações e indicámos à tripulação que envergassem os coletes salva-vidas e se posicionassem de forma a efetuar o disparo da balsa em caso de necessidade, o que, à chegada da embarcação do ISN confirmámos ter sido feito", explicou Gomes Agostinho.

Após o combate às chamas, a embarcação será rebocada "por forma a não constituir perigo para a navegação", afirmou o mesmo responsável.

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.