sicnot

Perfil

País

Tripulação combate fogo a bordo de barco a 15 milhas da Nazaré

Seis pescadores de um arrastão que se incendiou ao largo de Pedra do Ouro, a Noroeste da Nazaré estão a tentar controlar as chamas na embarcação para que possa ser rebocada, informou a Capitania do Porto da Nazaré.

Vitor Estrelinha

"Os pescadores seguiram as indicações de segurança que lhes transmitimos e encontram-se todos bem e a tentar controlar o fogo para minimizar os danos na embarcação", disse à agência Lusa o comandante do Porto da Nazaré, Gomes Agostinho.

Segundo o mesmo responsável "o espaço das máquinas [onde deflagrou o incêndio] foi isolado para conter as chamas" que estão a ser combatidas a bordo pela tripulação, encontrando-se a embarcação da Estação Salva-vidas do Instituto de Socorros a Náufragos (ISN) da Nazaré nas proximidades para responder à "eventual necessidade de resgatar os pescadores".

De acordo com Gomes Agostinho, a Autoridade Marítima foi alertada cerca das 08:45 para o incêndio a bordo da embarcação "Mar da Galega", um arrastão com 24 metros registado no Porto de Leixões.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria informara anteriormente que os pescadores já teriam sido resgatados e estariam a ser transportados para o Porto da Nazaré, mas de acordo com o comandante da Capitania, "não houve essa necessidade", apesar de a embarcação salva-vidas estar a acompanhar o incêndio e pronta a transportar a tripulação.

As chamas deflagraram na zona das máquinas, onde "há muito material combustível" quando a embarcação navegava a 15 milhas (perto de 30 quilómetros) da costa, a noroeste da Nazaré.

"Tivemos sempre comunicações e indicámos à tripulação que envergassem os coletes salva-vidas e se posicionassem de forma a efetuar o disparo da balsa em caso de necessidade, o que, à chegada da embarcação do ISN confirmámos ter sido feito", explicou Gomes Agostinho.

Após o combate às chamas, a embarcação será rebocada "por forma a não constituir perigo para a navegação", afirmou o mesmo responsável.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51