sicnot

Perfil

País

GNR apreende quase 700 pés de canábis e cogumelos alucinogénios no Algarve

A GNR de Faro anunciou esta terça-feira a apreensão de 695 pés de canábis e de cogumelos alucinogénios, produtos que eram cultivados por um homem, entretanto detido, numa habitação situada numa zona rural próximo de São Brás de Alportel.

LU\303\215S FORRA

Em conferência de imprensa realizada hoje, o comandante do destacamento territorial de Faro da GNR, Filipe Mendes, adiantou que se trata da maior apreensão de droga feita pela GNR no Algarve desde o início deste ano, frisando que resultou de uma investigação que decorria há cerca de quatro meses.

Além dos pés de canábis e dos cogumelos, estavam na habitação 11.400 doses individuais de cocaína e uma quantidade não especificada de MDMA, droga que, no seu conjunto, valeria no mercado umas "largas dezenas de milhares de euros", referiu aquele responsável aos jornalistas.

A GNR vai agora apurar se o homem fazia venda direta da droga, sendo certo que, no que respeita à canábis, o processo era todo feito pelo agora detido, desde a germinação até ao processo de maturação, secagem, preparação e embalamento da droga.

O homem, de 31 anos, não tinha emprego e dedicava-se, alegadamente, não só ao tráfico de canábis, como de outro tipo de drogas, referiu a GNR.

As plantas de canábis estavam espalhadas por duas divisões da casa, onde foi também encontrado diverso material para apoio ao cultivo das plantas, nomeadamente, temporizadores, lâmpadas e extratores de odor.

Segundo o comandante do destacamento territorial de Faro da GNR, é a primeira vez que aquele destacamento apreende cogumelos alucinogénios, que, neste caso, estavam ainda a germinar, mas também uma quantidade já pronta para consumo.

A droga vai agora ser encaminhada para o Laboratório de Polícia Científica e só depois deverá ser destruída, concluiu.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28