sicnot

Perfil

País

Fenprof entrega hoje petição pela aposentação dos professores ao fim de 36 anos

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) entrega hoje no parlamento uma petição em defesa de um regime especial de aposentação para os docentes, que considere "o elevado desgaste físico e psicológico" provocado pela profissão.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)


No documento, que segundo a Fenprof recolheu mais de 20.000 assinaturas "em poucos dias", defende-se um regime de aposentação aos 36 anos de serviço, sem penalização por idade.

Transitoriamente, e porque a maioria dos docentes terá de trabalhar, de acordo com a atual legislação, "entre 43 e 46 anos para atingir a aposentação completa", exige-se que todos os que já completaram 40 anos de serviço possam desligar-se imediatamente do exercício de funções, sem qualquer corte no valor da pensão.

Em comunicado, a FENPROF dá ainda conta de que outras duas petições, entregues na anterior legislatura, serão discutidas nas próximas sessões plenárias, uma delas sobre o fim da requalificação/mobilidade especial.

Lusa

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24