sicnot

Perfil

País

PJ deteve dois suspeitos de "inúmeros" roubos a bancos e ourivesarias no Porto

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de dois homens, um deles fugido da prisão de Vale de Judeus, no distrito de Lisboa, por "inúmeros" roubos a bancos e ourivesarias, maioritariamente na zona do Grande Porto.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

Os suspeitos foram detidos nas suas residências em Matosinhos, distrito do Porto, e Beja, cidade onde um deles se tinha refugiado após a alegada prática dos crimes, tendo na sua posse uma arma de calibre de guerra "pronta a disparar", revelou a PJ, em comunicado.

Os alegados assaltantes, com 31 e 48 anos, terão realizado cinco roubos com armas de fogo, tentados e consumados, a bancos e ourivesarias, no Grande Porto, entre junho e agosto deste ano.

"Dada a sua inatividade profissional, este grupo fazia desta prática ilícita modo de vida, sendo que um dos elementos apresentava uma grande mobilidade com frequentes mudanças de local de residência", frisou esta força policial.

Um dos dois suspeitos estava, desde abril deste ano, fugido do Estabelecimento Prisional de Vale de Judeus, no concelho da Azambuja, distrito de Lisboa, onde cumpria uma pena efetiva de 15 anos por crimes de roubo com sequestro e extorsão, cometidos no estrangeiro, disse.

Os detidos, sem ocupação laboral e com antecedentes criminais por roubo e tráfico de droga vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial.

Esta investigação, a cargo da PJ, através da Diretoria do Norte, contou com a colaboração da Unidade Nacional Contra Terrorismo.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.