sicnot

Perfil

País

Ex-presidente da Câmara de Matosinhos Narciso Miranda conhece hoje sentença

O ex-presidente da Câmara de Matosinhos, Narciso Miranda, acusado pelos crimes de abuso de confiança e falsificação de documentos, conhece hoje a sentença no tribunal local.

Arquivo

Arquivo

JOSÉ COELHO/LUSA

Narciso Miranda está acusado de ter usado, em proveito próprio, 37.500 euros, dinheiro proveniente de uma subvenção estatal à sua candidatura à Câmara de Matosinhos, em 2009, ano em que concorreu como independente.

Juntamente com o antigo autarca estão a ser julgadas mais duas pessoas, ambas ligadas ao setor da construção civil, pela alegada prática, em coautoria, dos mesmos crimes.

Durante as alegações finais, a procuradora do Ministério Público (MP) pediu a condenação dos três arguidos, sem referir penas específica.

Na primeira audiência de julgamento, o ex-autarca realçou que a verba foi usada para fazer obras na sede de campanha -- Associação Narciso Miranda-Matosinhos Sempre.

"Houve um atraso na fatura e só paguei em dinheiro porque o empreiteiro estava em processo de insolvência", disse, na altura.

Em janeiro de 2015, Narciso Miranda foi absolvido, enquanto presidente do Conselho de Administração da Associação de Socorros Mútuos de S. Mamede Infesta (ASMSMI), em Matosinhos, de adjudicar serviços a empresas de que faziam parte familiares, alguns deles de forma ilegal ou nunca realizados, e simular o roubo de um 'smartphone' para receber um modelo mais recente.

  • Narciso Miranda absolvido dos crimes de simulação de roubo, abuso de confiança e peculato
    0:49

    País

    Narciso Miranda foi absolvido dos crimes de simulação de roubo de um telemóvel, abuso de confiança, peculato e participação económica em negócio. O Tribunal considerou provado que o ex-autarca criou um negócio fictício para desviar dinheiro da Associação Mutualista de S. Mamede Infesta, mas ilibou-o por causa de um detalhe processual. Narciso Miranda lamenta a perda de tempo e dinheiro neste processo.

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.