sicnot

Perfil

País

João Goulão substituído na presidência do Observatório Europeu da Droga

A francesa Laura d'Arrigo foi esta quinta-feira nomeada presidente do conselho de administração do Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência, substituindo no cargo o português João Goulão, anunciou aquele organismo europeu sediado em Lisboa.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Aly Song / Reuters

Assessora diplomática da missão interministerial francesa de luta contra as drogas e os comportamentos aditivos, Laura d'Arrigo, que já era membro do conselho de administração do observatório, é a primeira mulher a ocupar a função e deverá ficar no cargo pelo período de três anos, adianta o Observatório, num comunicado enviado à agência Lusa.

A nomeação de Laura d'Arrigo ocorreu no início da reunião de dois dias do conselho de administração do Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT), em Lisboa.

O médico João Goulão que abandona o cargo em dezembro, foi presidente do conselho de administração do observatório entre 2009 e 2015, cumprindo dois mandatos à frente daquele organismo.

A vice-presidência foi entregue ao austríaco Franz Pietsch, coordenador nacional da luta contra a droga na Áustria, presidente da Comissão federal austríaca de coordenação de luta contra a droga e vice-diretor geral de Saúde Pública do Ministério da Saúde austríaco, refere o comunicado.

Segundo o documento, o diretor do Observatório, Wolfgang Götz, também vai ser substituído no cargo pelo belga Alexis Goodsdeel.

Wolfgang Götz vai reformar-se no final deste mês, após ter chefiado o Observatórios desde maio de 2005.

Lusa

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".