sicnot

Perfil

País

João Goulão substituído na presidência do Observatório Europeu da Droga

A francesa Laura d'Arrigo foi esta quinta-feira nomeada presidente do conselho de administração do Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência, substituindo no cargo o português João Goulão, anunciou aquele organismo europeu sediado em Lisboa.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Aly Song / Reuters

Assessora diplomática da missão interministerial francesa de luta contra as drogas e os comportamentos aditivos, Laura d'Arrigo, que já era membro do conselho de administração do observatório, é a primeira mulher a ocupar a função e deverá ficar no cargo pelo período de três anos, adianta o Observatório, num comunicado enviado à agência Lusa.

A nomeação de Laura d'Arrigo ocorreu no início da reunião de dois dias do conselho de administração do Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT), em Lisboa.

O médico João Goulão que abandona o cargo em dezembro, foi presidente do conselho de administração do observatório entre 2009 e 2015, cumprindo dois mandatos à frente daquele organismo.

A vice-presidência foi entregue ao austríaco Franz Pietsch, coordenador nacional da luta contra a droga na Áustria, presidente da Comissão federal austríaca de coordenação de luta contra a droga e vice-diretor geral de Saúde Pública do Ministério da Saúde austríaco, refere o comunicado.

Segundo o documento, o diretor do Observatório, Wolfgang Götz, também vai ser substituído no cargo pelo belga Alexis Goodsdeel.

Wolfgang Götz vai reformar-se no final deste mês, após ter chefiado o Observatórios desde maio de 2005.

Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC