sicnot

Perfil

País

Pena suspensa para acusado de ter cartões falsos de deputado e oficial de justiça

O tribunal de Loures condenou esta quinta-feira a quatro anos e seis meses de prisão, com pena suspensa por igual período, um homem acusado de possuir cartões falsos de deputado, oficial de justiça e um dístico reservado a diplomatas.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

O arguido, atualmente com 63 anos, estava também acusado por dois crimes de burla qualificada, por supostamente ter comprado viaturas em nome da ex-companheira. Contudo, o tribunal absolveu-o desses crimes, por considerar que não ficou provado que o homem tenha falsificado qualquer assinatura.

No acórdão lido hoje à tarde no Tribunal da Comarca Lisboa Norte, em Loures, o coletivo de juízes decidiu condenar o homem por cinco crimes de falsificação, três deles na forma simples e dois na forma agravada.

Os crimes na forma agravada dizem respeito ao facto de as autoridades terem encontrado na posse do arguido, durante uma busca domiciliária, cartões falsos de deputado da Assembleia da República e de oficial de Justiça, pelos quais o homem foi condenado com uma pena de 4 anos de prisão.

Relativamente ao crime de falsificação na forma simples, respeitante à posse de dois dísticos de viatura do Corpo Consular (CC) e a um cartão de estacionamento privativo na Assembleia da República, o arguido foi condenado com uma pena de oito meses de prisão.

Com a soma das duas penas o tribunal decidiu aplicar a pena única de quatro anos e oito meses de prisão, suspensa na sua execução e sujeita a um regime de prova.

No final da sessão, em declarações à agência Lusa, o advogado da ex-companheira do arguido, Túlio Machado, manifestou o seu descontente com a decisão do tribunal e adiantou que iria recorrer

"Nos últimos dois anos esta é a terceira condenação que este homem tem, por crimes da mesma natureza. Não faz sentido que continue em liberdade", argumentou.

Por seu turno, o advogado do arguido recusou-se a prestar quaisquer declarações sobre a decisão do tribunal.

Lusa

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Divulgado vídeo dos bambardeamentos contra o Daesh no Iraque
    0:42
  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.