sicnot

Perfil

País

PJ detém administrador judicial suspeito de peculato no valor de três milhões de euros

A Polícia Judiciária deteve um administrador judicial, com escritórios na zona da Grande Lisboa, por suspeitas de crime de apropriação indevida de dinheiros públicos (peculato), num montante superior a três milhões de euros, anunciou esta sexta-feira a PJ.

A investigação foi realizada pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC), no âmbito de um inquérito dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, adianta um comunicado da PJ.

Na mesma nota, a PJ acrescenta que durante a investigação apreendeu diverso material relacionado com a alegada atividade criminosa que terá causado "danos superiores a três milhões de euros".

O detido vai ser sujeito a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.