sicnot

Perfil

País

GNR desmantela estufas de canábis em Felgueiras

A GNR de Felgueiras desmantelou hoje, numa antiga padaria da cidade, duas estufas com cerca 300 pés de canábis e deteve dois suspeitos, avançou fonte policial.

Segundo a autoridade, a operação foi desencadeada depois de os militares terem observado os dois suspeitos, já referenciados, de 52 e 44 anos, "a circundar um armazém de uma antiga padaria abandonada".

No interior das instalações, encontraram duas estufas com mais de 300 pés de canábis, tendo cada planta já uma altura de cerca de 1,50 metros, refere um comunicado da GNR.

Segundo a autoridade, "cada estufa, com cerca de 150 plantas, contemplava um sistema bastante organizado e avançado para produção, germinação e cultivo das plantas de canábis, possuindo cada uma um sistema de rega, iluminação e de controlo de temperatura automático".

A GNR sublinha que o sistema necessitava apenas da intervenção humana para o corte e estaque das plantas.

Após uma breve busca ao local, os militares da guarda observaram que, para "a produção e cultivo das plantas, os infratores furtavam água e eletricidade à rede pública".

Os detidos vão ser presentes, na quinta-feira, ao juiz de Instrução Criminal do Tribunal Judicial do Marco de Canaveses.

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Milhares de brasileiros protestam na Praia de Copacabana contra Temer
    3:04
  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40
  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.