sicnot

Perfil

País

Casacos pendurados nas ruas de Lisboa vão aquecer necessitados

A cidade de Lisboa acolhe na próxima terça-feira a iniciativa "Heat the street", que visa promover a doação de agasalhos, pendurando casacos na rua para serem usados por quem necessita.

Heat the street

Criado por Sílvia Lopes, o projeto "Heat the street - streetwear your jacket" permite que qualquer pessoa possa participar, pendurando, pela cidade, um agasalho que já não utiliza, juntamente com uma etiqueta da iniciativa (disponível na página de 'Facebook').

"Estou aqui para ti. Se estás na rua com frio, leva-me contigo para te aquecer", leem-se nesses rótulos, que serão distribuídos com os casacos por locais como a Avenida 24 de Julho, Largo de São Paulo, Santos e Bica, a partir das 19:00 de terça-feira.

Em declarações à agência Lusa, Sílvia Lopes explicou que o objetivo é "ajudar quem mais precisa", complementando o trabalho de "organizações que dão este suporte" durante todo o ano aos sem-abrigo.

Dinamizado pelas redes sociais, o evento tem também o intuito de criar "uma corrente de boa energia" e solidária na cidade, razão pela qual é realizado durante a época natalícia.

Sílvia Lopes, que trabalha numa empresa de comunicação, contou à agência Lusa que a adesão ao projeto tem sido muito positiva, não só da parte dos colegas de trabalho como de amigos, tendo já garantido um grupo de 25 pessoas que vão doar agasalhos.

Porém, admitiu que "há sempre quem se insurja", nomeadamente quanto à futura utilização dos casacos.

"Se alguém que não precisa, levar um destes casacos, isso fica na sua consciência", sustentou.

Depois desta primeira iniciativa, a jovem quer "levar isto mais longe" e dinamizar o projeto com uma equipa fixa, o que tenciona fazer em janeiro.

Também está nos seus planos levar a ideia para outros locais.

"Não é por acaso que temos [as etiquetas] em inglês e português. É para chegar a um maior número de pessoas", afirmou.

Lusa

  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.