sicnot

Perfil

País

Casacos pendurados nas ruas de Lisboa vão aquecer necessitados

A cidade de Lisboa acolhe na próxima terça-feira a iniciativa "Heat the street", que visa promover a doação de agasalhos, pendurando casacos na rua para serem usados por quem necessita.

Heat the street

Criado por Sílvia Lopes, o projeto "Heat the street - streetwear your jacket" permite que qualquer pessoa possa participar, pendurando, pela cidade, um agasalho que já não utiliza, juntamente com uma etiqueta da iniciativa (disponível na página de 'Facebook').

"Estou aqui para ti. Se estás na rua com frio, leva-me contigo para te aquecer", leem-se nesses rótulos, que serão distribuídos com os casacos por locais como a Avenida 24 de Julho, Largo de São Paulo, Santos e Bica, a partir das 19:00 de terça-feira.

Em declarações à agência Lusa, Sílvia Lopes explicou que o objetivo é "ajudar quem mais precisa", complementando o trabalho de "organizações que dão este suporte" durante todo o ano aos sem-abrigo.

Dinamizado pelas redes sociais, o evento tem também o intuito de criar "uma corrente de boa energia" e solidária na cidade, razão pela qual é realizado durante a época natalícia.

Sílvia Lopes, que trabalha numa empresa de comunicação, contou à agência Lusa que a adesão ao projeto tem sido muito positiva, não só da parte dos colegas de trabalho como de amigos, tendo já garantido um grupo de 25 pessoas que vão doar agasalhos.

Porém, admitiu que "há sempre quem se insurja", nomeadamente quanto à futura utilização dos casacos.

"Se alguém que não precisa, levar um destes casacos, isso fica na sua consciência", sustentou.

Depois desta primeira iniciativa, a jovem quer "levar isto mais longe" e dinamizar o projeto com uma equipa fixa, o que tenciona fazer em janeiro.

Também está nos seus planos levar a ideia para outros locais.

"Não é por acaso que temos [as etiquetas] em inglês e português. É para chegar a um maior número de pessoas", afirmou.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.