sicnot

Perfil

País

Grupos oriental e central dos Açores sob aviso amarelo devido ao mau tempo

Os grupos oriental e central dos Açores estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de chuva, trovoada e vento forte, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Rui Caria/SIC

Rui Caria/SIC

De acordo com o IPMA, o grupo oriental (ilhas de Santa Maria e São Miguel) vai estar sob aviso amarelo entre as 09:00 de as 23:59 de hoje devido à previsão de chuva e trovoada.

As ilhas de Santa Maria e São Miguel vão estar também sob aviso amarelo entre as 18:00 de hoje e as 06:00 de quarta-feira devido à previsão de vento forte.

Também o grupo central dos Açores (ilhas Graciosa, São Jorge, Terceira, Pico e Faial) vai estar entre as 07:00 e as 23:59 de hoje devido à previsão de precipitação e trovoada.

O aviso amarelo é o terceiro mais grave de uma escala de quatro e significa risco para determinadas atividades dependentes do estado do tempo.

O instituto prevê para hoje no grupo ocidental (Flores e Corvo) céu muito nublado, por vezes com abertas, períodos de chuva e aguaceiros mais frequentes na madrugada e manhã, possibilidade de trovoadas e vento sudoeste muito fresco a forte com rajadas até 85 quilómetros por hora.

Para o grupo central prevê-se céu geralmente muito nublado, períodos de chuva e aguaceiros podendo ser pontualmente fortes, condições favoráveis à ocorrência de trovoada e vento sudoeste muito fresco a forte com rajadas até 80 quilómetros por hora durante a madrugada, tornando-se moderado a fresco.

No grupo oriental prevê-se céu geralmente muito nublado, períodos de chuva e aguaceiros podendo ser pontualmente fortes, possibilidade de trovoadas e vento sul muito fresco a forte com rajadas até 85 quilómetros por hora especialmente para a noite, rodando para sudoeste.

Em Ponta Delgada as temperaturas vão variar entre 15 e 18 graus Celsius, em Angra do Heroísmo e na Horta entre 12 e 17 e em Santa Cruz das Flores entre 12 e 16.

Lusa

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.