sicnot

Perfil

País

Presidente deseja Natal "feito de serenidade e esperança"

O Presidente da República desejou hoje aos portugueses um Natal "feito de serenidade e de esperança, de paz e alegria", sublinhando que, num tempo de "incertezas e sobressalto", esta quadra deve ser um "tempo de pausa e reflexão".

"O Natal deve ser um tempo de paz e de alegria. Num mundo marcado por incertezas e sobressaltos, o Natal deve ser um tempo de pausa e reflexão, uma jornada em que devemos lembrar os que mais necessitam da nossa solidariedade: os que enfrentam dificuldades nas suas vidas pessoais ou profissionais, os que vivem na solidão ou na pobreza", refere o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, numa mensagem em vídeo de boas festas publicada no site da Presidência da República.

No vídeo, gravado na sala das Bicas do Palácio de Belém e tendo como fundo a árvore de Natal aí instalada, o Presidente da República surge ao lado da mulher, Maria Cavaco Silva, que lembra que nesta quadra os portugueses se reúnem em família, "buscam o convívio dos seus entes queridos, daqueles que lhes estão mais próximos" e, ao mesmo tempo, são recordados com saudade "os que estão longe ou os que já partiram".

"Quero deixar igualmente uma palavra de generoso afeto às nossas comunidades da diáspora, cujo papel tanto sublinhei ao longo dos meus mandatos", acrescenta o chefe de Estado, desejando a todos os portugueses "um bom Natal, feito de serenidade e de esperança, de paz e alegria".

Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • EUA negam ter declarado guerra à Coreia do Norte

    Mundo

    Os Estados Unidos negaram esta segunda-feira ter declarado guerra à Coreia do Norte e frisaram que Pyongyang não pode disparar contra os seus aviões em águas internacionais, em resposta a uma ameaça do ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.