sicnot

Perfil

País

Cinco vinhos portugueses entre os melhores do mundo para revista dos EUA

A revista norte-americana "Wine Enthusiast", uma das publicações referência mundial de vinhos, colocou cinco vinhos portugueses na sua lista dos 100 melhores de 2015.

A lista foi publicada na edição de dezembro e o vinho português mais bem colocado é o Quinta de Foz de Arouce 2011, um tinto da região Beira Atlântico, que surge em 9.º lugar.

Segue-se, em 22.º lugar, o Monte dos Cabaços 2007 Reserva, do Alentejo; o Blandy's 2002 Colheita Bual, da Madeira, em 39.º; o Herdade do Esporão 2011 Reserva, do Alentejo, em 44.º; e, por fim, em 62.º lugar, o Aveleda 2013 Reserva da Família, da Bairrada.

Apenas os EUA, França, Itália e Espanha têm mais vinhos do que Portugal na lista.

Já em outubro, a revista tinha colocado o verde branco de 2014, da Quinta da Aveleda, e o Pedra Cancela Seleção do Enólogo, do Dão, entre os sete melhores vinhos do mundo vendidos em 2015 por menos de 15 dólares.

Na lista de 100 marcas, designada "Top 100 Best Buys", os críticos da revista colocaram mais sete vinhos portugueses, de várias regiões, que apresentam uma boa relação entre a qualidade e o preço.

Nos primeiros meses do ano, excluindo os vinhos do Porto e Madeira, as exportações de vinhos portugueses para os EUA cresceu 30,3%, para 28,8 milhões de euros, com o preço médio por litro a subir 14,6%.

Para 2016, a Viniportugal, associação interprofissional do sector vitivinícola e entidade gestora da marca Wines of Portugal, dedica um quarto do seu orçamento de promoção, oito milhões de euros, para os Estados Unidos.

A organização tem planeadas ações de promoção em Nova Iorque, São Francisco, Chicago, Boston, Houston, Austin e Seattle.

Lusa

  • Tragédia de Vila Nova da Rainha foi há uma semana
    7:18
  • Escutas da Operação Marquês "não podem servir de prova"
    1:36

    Operação Marquês

    As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado queixam-se que as escutas do processo Marquês estão infetadas por um vírus informático. Os advogados dizem que tal como estão as escutas não podem servir de prova. No entanto, o Ministério Público diz que estão reunidas as condições para começar a contar o prazo para a abertura de instrução.

    Luís Garriapa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Admirável mundo novo
    16:17