sicnot

Perfil

País

Cinco vinhos portugueses entre os melhores do mundo para revista dos EUA

A revista norte-americana "Wine Enthusiast", uma das publicações referência mundial de vinhos, colocou cinco vinhos portugueses na sua lista dos 100 melhores de 2015.

A lista foi publicada na edição de dezembro e o vinho português mais bem colocado é o Quinta de Foz de Arouce 2011, um tinto da região Beira Atlântico, que surge em 9.º lugar.

Segue-se, em 22.º lugar, o Monte dos Cabaços 2007 Reserva, do Alentejo; o Blandy's 2002 Colheita Bual, da Madeira, em 39.º; o Herdade do Esporão 2011 Reserva, do Alentejo, em 44.º; e, por fim, em 62.º lugar, o Aveleda 2013 Reserva da Família, da Bairrada.

Apenas os EUA, França, Itália e Espanha têm mais vinhos do que Portugal na lista.

Já em outubro, a revista tinha colocado o verde branco de 2014, da Quinta da Aveleda, e o Pedra Cancela Seleção do Enólogo, do Dão, entre os sete melhores vinhos do mundo vendidos em 2015 por menos de 15 dólares.

Na lista de 100 marcas, designada "Top 100 Best Buys", os críticos da revista colocaram mais sete vinhos portugueses, de várias regiões, que apresentam uma boa relação entre a qualidade e o preço.

Nos primeiros meses do ano, excluindo os vinhos do Porto e Madeira, as exportações de vinhos portugueses para os EUA cresceu 30,3%, para 28,8 milhões de euros, com o preço médio por litro a subir 14,6%.

Para 2016, a Viniportugal, associação interprofissional do sector vitivinícola e entidade gestora da marca Wines of Portugal, dedica um quarto do seu orçamento de promoção, oito milhões de euros, para os Estados Unidos.

A organização tem planeadas ações de promoção em Nova Iorque, São Francisco, Chicago, Boston, Houston, Austin e Seattle.

Lusa

  • Protestos e violência no Rio de Janeiro
    1:08
  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36
  • Cogumelos alucinogénios entre as drogas mais seguras

    Mundo

    Os cogumelos alucinogénios são considerados uma das drogas mais seguras, quando consumidos para fins recreativos. A conclusão é avançada no Global Drug Survey, um estudo anual divulgado esta quarta-feira sobre os hábitos de consumo de drogas de quase 120 mil pessoas em 50 países.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.