sicnot

Perfil

País

Prisão preventiva para suspeito de abuso sexual de bebé que morreu nos Açores

O homem suspeito de abusar sexualmente de um bebé, no Nordeste, ilha de São Miguel, Açores, que acabou por morrer, vai aguardar julgamento em prisão preventiva, disse à Lusa fonte policial.

SIC

SIC

O arguido, de 27 anos, padrasto do bebé, foi presente a primeiro interrogatório judicial hoje, tendo o juiz de instrução criminal determinado a medida de coação mais gravosa.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, na noite de sexta-feira, um homem suspeito de abuso sexual de um bebé que "deu entrada no hospital já sem vida", afirmou a fonte policial.

A mesma fonte adiantou que "a PJ foi contactada pelo hospital" do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, que comunicou a entrada, "ao final da tarde de sexta-feira, de uma criança de 2 anos já sem vida em paragem cardiorrespiratória", que "teria sido vítima de abusos sexuais", alegadamente por "um elemento do seu agregado familiar".

Lusa

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08