sicnot

Perfil

País

Prisão preventiva para padrasto de menino que morreu após ser violado nos Açores

Prisão preventiva para padrasto de menino que morreu após ser violado nos Açores

Fica em prisão preventiva o padrasto do menino de dois anos que morreu depois de ter sido violado, nos Açores. O homem de 27 anos confessou o crime às autoridades. A Polícia Judiciária de Ponta Delgada diz que não há dúvidas de que as lesões grotescas causadas pelos abusos levaram à morte da criança.

  • Lisboa assinala fim das obras no Saldanha
    2:39