sicnot

Perfil

País

Centro Hospitalar abre inquérito para apurar se houve mais mortes por falta de assistência

Centro Hospitalar abre inquérito para apurar se houve mais mortes por falta de assistência

O Centro Hospitalar de Lisboa Central revelou hoje à tarde que foi aberto um processo de inquérito interno no Hospital de São José para apurar se existiram ou não mais quatro mortes por falta de assistência médica no hospital. Isto, no dia em que o secretário de Estado da Saúde garantiu que os cortes no Sistema Nacional de Saúde não provocaram uma "devastação" na qualidade de vida dos portugueses, respondendo assim ao bastonário da Ordem dos Médicos que responsabiliza a tutela. Entretanto, foi aberto um inquérito para apurar responsabilidades no caso do jovem de 29 anos que morreu enquanto aguardava tratamento depois da rutura de um aneurisma cerebral.

  • Secretário de Estado diz que Ministério está a averiguar se houve mais mortes no S. José
    0:51

    País

    O secretário de estado da Saúde, Manuel Delgado, vem reforçar que o Ministério não tinha conhecimento do que se passava e que tudo será feito para corrigir a situação. David Duarte, 29 anos, foi internado no Hospital de S. José no dia 11 de dezembro, tendo-lhe sido diagnosticado uma hemorragia cerebral provocada por um aneurisma e a precisar de uma intervenção cirúrgica rápida. David Duarte acabaria por morrer sem a ter sido submetido à cirurgia por falta de neurocirurgião.

  • Falta de especialistas levou à morte de 5 pessoas no S. José desde 2014
    2:48

    País

    Cinco pessoas morreram por falta de equipas médicas no Hospital S. José durante os fins de semana. Segundo o jornal Expresso, e desde 2014, a falta de acordo com o Ministério da Saúde no pagamento das horas extraordinárias tornou fatal a espera para doentes que tinham grande probabilidade de sobreviver com a cirurgia. O Ministério Público abriu já um inquérito para apurar as circunstâncias da morte do jovem de 29 anos e que levaram a demissões em bloco.

  • Caso de David não é único no SNS

    País

    Vários médicos e enfermeiros garantem que o caso de David Duarte, que morreu à espera de ser operado, não é caso único. Fonte do Hospital de São Josédisse ao jornal Expresso que houve mais quatro doentes com rotura de aneurisma que também não sobreviveram ao sábado e ao domingo de espera, desde abril de 2014.

  • Ministro assegura que haverá neurocirurgiões ao fim de semana nos hospitais de Lisboa
    2:12

    País

    O ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, diz que os cortes no setor foram longe demais, mas garante que situação que levou à morte de um jovem de 29 anos no Hospital S. José não volta a repetir-se. O caso levou à demissão do presidente da ARS de Lisboa e Vale do Tejo e dos presidentes dos conselhos de administração dos centros hospitalares Lisboa Central e Norte.

  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.