sicnot

Perfil

País

Helder Bataglia não goza de imunidade se vier a Portugal testemunhar na Operação Marquês

Helder Bataglia, o empresário luso-angolano que o Ministério Público quer ouvir na Operação Marquês, não gozará de imunidade, se quiser deixar Luanda para vir a Portugal, para ser interrogado. O procurador Rosário Teixeira não aceita que o suspeito venha ao abrigo da convenção de auxílio judiciário entre os países de Língua Portuguesa. Convenção essa que permite que as autoridades portuguesas não possam deter, prender, punir ou aplicar qualquer medida que limite a liberdade.

SIC

SIC

Helder Bataglia é suspeito no alegado esquema de corrupção e branqueamento de capitais no caso que envolve José Sócrates.

Por isso, tem sobre ele um mandado de captura internacional e já sabe que, se vier a Portugal, para testemunhar, será constituído arguido.

  • Cessar-fogo violado na Síria
    1:37
  • Chuva regressa nos próximos dias
    1:30
  • Luso-canadiana quer atingir os 7 cumes mais altos dos 7 continentes
    2:08