sicnot

Perfil

País

Trabalhadores da STCP cumprem hoje última greve em dia feriado de 2015

Os trabalhadores da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) estão hoje a cumprir mais uma greve em protesto contra a redução em 50% das horas trabalhadas em dia feriado.

(Lusa/ Arquivo)

(Lusa/ Arquivo)

Lusa

Esta é a última paralisação do ano em dia feriado, depois de já em 2013 e 2014 os trabalhadores da rodoviária terem entregado um pré-aviso de greve para todos os feriados do ano.

A greve teve início às 00:00 e decorre até às 24:00.

Segundo Jorge Costa, do Sindicato Nacional dos Motoristas (SNM), na STCP não foi reposto o pagamento a 100% pelo trabalho prestado em dias de feriado.

A remuneração relativa às horas extraordinárias sofreu alterações nos últimos anos, devido a medidas implementadas pelo Governo liderado pelo social-democrata Pedro Passos Coelho.

Em 2012, através de uma alteração ao Código do Trabalho, o valor pago pelo trabalho suplementar foi reduzido para metade, contudo, desde 01 de janeiro deste ano, cumprindo a decisão do Tribunal Constitucional, o anterior governo deixou cair essa medida, sendo que os trabalhadores abrangidos por contratos coletivos de trabalho devem receber o pagamento a 100%.

Os trabalhadores da STCP decidiram no dia 07 de dezembro que serão apresentados novos pré-avisos de greve para o trabalho em dias de feriado em 2016.

Contactada pela Lusa, fonte oficial da STCP garantiu que a empresa "cumpre escrupulosamente a lei".

  • A proposta dos partidos para a redução da dívida
    1:55

    Economia

    O PS e o Bloco de Esquerda querem mais 45 anos para pagar as dívidas à União Europeia e juros mais baixos. As medidas fazem parte da proposta dos partidos para a redução da dívida pública. No relatório que será enviado ao Governo, não é pedido qualquer perdão de dívida, ao contrário do que os partidos mais à esquerda chegaram a defender.

  • Antigos ministros de Governos de Sócrates ouvidos pelo Ministério Público
    1:54
  • Suspeito de atropelamento mortal diz que foi mero acidente 
    2:00
  • A história de Macron e Brigitte Trogneux, 25 anos mais velha
    1:25

    Eleições França 2017

    A segunda volta das eleições francesas acontece já no próximo dia 7 de maio. Caso Emmanuel Macron seja eleito, o país terá como primeira-dama uma mulher 25 anos mais velha do que o Presidente. Brigitte Trogneux tem 64 anos e Macron 39, conheceram-se no liceu privado de jesuítas, em Amiens. Brigitte era a professora e Macron o aluno. Conheça a história do casal. 

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.

  • Menina que nasceu com três pernas já corre após a cirurgia

    Mundo

    Uma criança do Bangladesh que cresceu com três pernas vai regressar a casa, depois de uma viagem até à Austrália, onde foi operada para retirar o membro a mais. Como resultado de um gémeo que não se formou por completo, a criança de três anos nasceu com uma terceira perna na pélvis. Alguns meses após a cirurgia, feita em novembro, a menina já corre.