sicnot

Perfil

País

Sete mortos nas estradas portuguesas desde quinta-feira

Aumentou para sete o número de mortos na Operação Natal da GNR. Dois despistes de madrugada, um em Braga e outro em Ourém causaram as duas últimas vitimas mortais

Em Braga, um despiste na estrada 205-4 procvoucou a morte de uma jovem de 17 anos e ferimentos ligeiros num outro. O acidente aconteceu por volta das duas da manhã.

Em Ourém, foi também a perda de controlo do automóvel que causou a morte do condutor, de 25 anos.
Os dois acidentes, elevam para sete o número de mortos contabilizados pela GNR neste periodo natalício.

A operação "Natal Tranquilo" está na estrada desde a meia noite de dia 24. Termina amanhã. Em comparação com o ano passado, o número de mortos é já mais elevado por esta altura. Há mais um do que em 2014.
Quanto aos acidentes, resgistaram-se até agora 354, menos do que em igual periodo do ano passado.

Militares de todo o país, os comandos territoriais e da a Unidade Nacional de Trânsito reforçam por estes dias o patrulhamento das estradas, para prevenir a sinistralidade de garantir deslocações em segurança

  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Nicolás Maduro quer convocar "cimeira mundial de solidariedade"

    Mundo

    O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, reiterou este sábado que convocará uma "cimeira mundial de solidariedade" com o país, que permita atenuar a "campanha criminosa" que considera existir contra a Venezuela, cujo Governo está cada vez mais isolado internacionalmente.

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.