sicnot

Perfil

País

Homem mata mulher em Sacavém e faz explodir o corpo

Em desenvolvimento

Uma mulher foi assassinada em Sacavém com um tiro. Depois de fazer explodir o corpo da vítima, o homicidia suicidou-se.

O crime ocorreu cerca das 10:00, junto ao rio Trancão, não se sabendo, para já, as idades do suspeito e da mulher.

O autor do crime atingiu a mulher com um tiro de caçadeira no parque da Rodoviária. Usou depois um explosivo e fez explodir o corpo da mulher.

Não se sabe a vitima morreu com o tiro ou com a explosão.

O homem suicidou-se com a mesma arma.

"Suspeita-se ter-se tratado de um homicídio seguido de suicídio. O homem terá disparado tiros de caçadeira contra, pensamos nós, a sua companheira, e depois, ainda não se sabe bem como, feito explodir o corpo da vítima", explicou o comissário Rui Costa, porta-voz do Cometlis.

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • "Quem não deve não teme"

    Football Leaks

    O futebolista português Cristiano Ronaldo, questionado sobre a sua alegada fuga ao fisco veiculada pela investigação "Football Leaks", disse que "quem não deve não teme", numa reação difundida esta quinta-feira pela rádio espanhola Onda Cero.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.