sicnot

Perfil

País

Operação "Natal Tranquilo" da GNR com sete mortos em 589 acidentes

A operação "Natal Tranquilo", da GNR, registou este ano sete vítimas mortais, menos duas do que no período homólogo de 2014, resultantes de 589 acidentes, menos 29 que no ano passado.

A operação da GNR terminou domingo à meia-noite. (Arquivo)

A operação da GNR terminou domingo à meia-noite. (Arquivo)

SIC

Na operação desenvolvida entre 24 e 27 de dezembro, as brigadas da GNR registaram 589 acidentes, com sete vítimas mortais, 19 feridos com gravidade e 187 feridos ligeiros.

O balanço é de menos 29 acidentes e menos dois mortos em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com a mesma fonte.

A fonte da GNR indicou que se registaram mais seis pessoas feridas com gravidade e mais 21 com ferimentos ligeiros do que em 2014.

A operação da GNR terminou domingo à meia-noite.

Durante a operação, os comandos territoriais, a Unidade Nacional de Trânsito, bem como a unidade de intervenção, estiveram particularmente atentos a infrações como o excesso de velocidade, a falta de habilitação legal para conduzir, a condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas.

A GNR esteve também atenta ao não cumprimento das regras de trânsito, a incorreta ou não utilização do cinto de segurança e ainda aos sistemas de retenção para crianças e utilização indevida do telemóvel durante a condução.

Lusa

  • A Catalunha "está farta da prepotência e dos abusos do governo"
    0:30
  • "Não há um verdadeiro debate democrático em Espanha"
    2:24
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    No Quadratura do Círculo desta quinta-feira, José Pacheco Pereira disse que este braço de ferro em território espanhol reforça a linha autoritária que existe em Espanha. Jorge Coelho considera que é urgente recorrer à diplomacia para definir um caminho a médio ou a longo prazo. Já o gestor Manuel Queiró afirma que Portugal não deve encarar este referendo com condescendência. 

  • Uber perde licença para operar em Londres

    Economia

    O regulador de transporte de Londres decidiu hoje que vai retirar à Uber a licença para operar na capital britânica. A proibição entra em vigor no final deste mês e vai afetar 40 mil motoristas da empresa multinacional norte-americana.

  • A corrida ao iPhone 8 no Japão, China e Austrália
    2:04
  • Óculos inteligentes permitem controlar telemóvel com o nariz
    1:05
  • Família Portugal Ramos
    15:01