sicnot

Perfil

País

Operação "Natal Tranquilo" da GNR com sete mortos em 589 acidentes

A operação "Natal Tranquilo", da GNR, registou este ano sete vítimas mortais, menos duas do que no período homólogo de 2014, resultantes de 589 acidentes, menos 29 que no ano passado.

A operação da GNR terminou domingo à meia-noite. (Arquivo)

A operação da GNR terminou domingo à meia-noite. (Arquivo)

SIC

Na operação desenvolvida entre 24 e 27 de dezembro, as brigadas da GNR registaram 589 acidentes, com sete vítimas mortais, 19 feridos com gravidade e 187 feridos ligeiros.

O balanço é de menos 29 acidentes e menos dois mortos em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com a mesma fonte.

A fonte da GNR indicou que se registaram mais seis pessoas feridas com gravidade e mais 21 com ferimentos ligeiros do que em 2014.

A operação da GNR terminou domingo à meia-noite.

Durante a operação, os comandos territoriais, a Unidade Nacional de Trânsito, bem como a unidade de intervenção, estiveram particularmente atentos a infrações como o excesso de velocidade, a falta de habilitação legal para conduzir, a condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas.

A GNR esteve também atenta ao não cumprimento das regras de trânsito, a incorreta ou não utilização do cinto de segurança e ainda aos sistemas de retenção para crianças e utilização indevida do telemóvel durante a condução.

Lusa

  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC