sicnot

Perfil

País

Operação "Natal Tranquilo" da GNR com sete mortos em 589 acidentes

A operação "Natal Tranquilo", da GNR, registou este ano sete vítimas mortais, menos duas do que no período homólogo de 2014, resultantes de 589 acidentes, menos 29 que no ano passado.

A operação da GNR terminou domingo à meia-noite. (Arquivo)

A operação da GNR terminou domingo à meia-noite. (Arquivo)

SIC

Na operação desenvolvida entre 24 e 27 de dezembro, as brigadas da GNR registaram 589 acidentes, com sete vítimas mortais, 19 feridos com gravidade e 187 feridos ligeiros.

O balanço é de menos 29 acidentes e menos dois mortos em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com a mesma fonte.

A fonte da GNR indicou que se registaram mais seis pessoas feridas com gravidade e mais 21 com ferimentos ligeiros do que em 2014.

A operação da GNR terminou domingo à meia-noite.

Durante a operação, os comandos territoriais, a Unidade Nacional de Trânsito, bem como a unidade de intervenção, estiveram particularmente atentos a infrações como o excesso de velocidade, a falta de habilitação legal para conduzir, a condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas.

A GNR esteve também atenta ao não cumprimento das regras de trânsito, a incorreta ou não utilização do cinto de segurança e ainda aos sistemas de retenção para crianças e utilização indevida do telemóvel durante a condução.

Lusa

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24