sicnot

Perfil

País

Proteção Civil alerta para chuva, vento forte e agitação marítima

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou hoje a população para adotar medidas preventivas durante a condução devido às previsões de precipitação, vento forte e agitação marítima para o período do fim de ano.

Num aviso à população devido à previsão de condições meteorológicas adversas, nomeadamente precipitação, vento forte e agitação marítima entre hoje e domingo, a ANPC recomenda à adoção dos "mecanismos necessários de prevenção, monitorização e resposta adequadas" para evitar um aumento de sinistralidade rodoviária.

A Proteção Civil chama também a atenção das pessoas que vão passar a festa de fim de ano junto ao mar devido ao possível aumento da agitação marítima.

Tendo em conta as previsões meteorológicas, a ANPC refere que é expectável que o piso rodoviário fique escorregadio e que se formem lençóis de água, além da possibilidade de cheias rápidas em meio urbano e inundação nas zonas historicamente mais vulneráveis.

A Proteção Civil alerta também para a possibilidade de queda de ramos ou árvores devido ao vento mais forte e eventual aumento do número de acidentes, tendo em conta o tráfego rodoviário nesta altura do ano.

Como medidas preventivas, a ANPC recomenda a população a adotar uma condução defensiva, adequando a condução ao estado do piso, às condições de visibilidade, ao estado de carga do veículo e à intensidade do trânsito, bem como verificar o bom estado de funcionamento dos veículos e cumprir a legislação em vigor no que respeita à ingestão de bebidas alcoólicas e utilização de telemóvel durante a condução.

Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais, não atravessar zonas inundadas, estar atento à possibilidade de queda de ramos ou árvores e ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas são outras das recomendações da ANPC.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.