sicnot

Perfil

País

Detido suspeito de ter agredido "barbaramente" homem em Ponta Delgada

A PSP anunciou hoje a detenção de um homem, em Ponta Delgada, nos Açores, suspeito de ter agredido "barbaramente" um outro indivíduo que está "em coma", com "prognóstico muito reservado", no Hospital de Ponta Delgada.

Segundo o Comando Regional da PSP nos Açores, o detido, de 50 anos, suspeito da "prática de um crime de ofensas à integridade física grave", ter-se-á envolvido em agressões com um outro homem, de 56 anos, "agredindo-o barbaramente até o deixar inanimado no chão, com múltiplas lesões na cabeça, garganta e outras partes do corpo".

"Logo a seguir e após o suspeito ter abandonado o local, uma vez que estava a chover intensamente e, devido à reduzida visibilidade da via, a vítima foi atropelada por um carro que passava no local (..)", acrescenta o relatório policial, indicando que as alegadas agressões terão ocorrido "ao início da noite do dia 29", terça-feira, "perto do Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada".

A vítima, segundo a polícia, "está em coma, com prognóstico muito reservado, na Unidade de Cuidados Intensivos, do Hospital Divino Espírito de Santo".

O alegado agressor, "com antecedentes criminais registados em Portugal por violência doméstica", foi detido na quarta-feira e foi hoje presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Ponta Delgada, e ficou "em prisão preventiva".

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22