sicnot

Perfil

País

Juventude Popular vê na decisão de Portas oportunidade de renovação

A Juventude Popular (JP) referiu hoje, em comunicado, que respeita a decisão do presidente do CDS-PP, Paulo Portas, de abandonar a liderança e que esta é uma oportunidade para o partido se reinventar.

(Arquivo)

(Arquivo)

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

"Cabe-nos, a todos, respeitar o veredicto e dedicar ao presidente do CDS a confiança característica do voluntarismo com que sempre nos entregámos às suas decisões", refere a JP.

No comunicado, a JP considerou que o "momento constitui uma oportunidade flagrante para o CDS se reinventar", renovar e "conquistar novas fronteiras de sucesso", salientando que não são "tão categóricos a afirmar" que esta é a melhor altura para discutir a sucessão da liderança.

"A resposta a esta interrogação (...) dependerá dos incontroláveis desenvolvimentos da conjuntura política nacional, todavia, mais até do que isso, da réplica que o CDS dará sobre a transição ordenada do poder interno, da sua capacidade de se mostrar um partido maduro, sóbrio, com racionalidade e dignidade suficientes para, no quadro do pluralismo e da diferença, assegurar a estabilidade e a afirmação da futura direção", sublinham.

O presidente do CDS-PP comunicou segunda-feira à comissão política nacional centrista que não se recandidatará à liderança do partido.

Lusa

  • Jovem que morreu numa estância de esqui em Espanha sofreu um aneurisma
    1:26
  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira