sicnot

Perfil

País

Homem morre atropelado por comboio em Gondomar

Um homem de 61 anos morreu esta sexta-feira na sequência de um atropelamento ferroviário na linha do Minho, em Gondomar, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Paul Hanna / Reuters

De acordo com o CDOS, pelas 05:30, "um atropelamento ferroviário em Gondomar causou uma vítima mortal" e o acidente deixou a circulação de comboios "cortada nos dois sentidos" durante cerca de duas horas e meia, até às 07:15.

Os Bombeiros da Areosa -- Rio Tinto adiantaram ter sido chamados para um acidente ferroviário que provocou um morto de 61 anos na rua do Caneiro, em Rio Tinto, concelho de Gondomar, distrito do Porto.

Fonte do CDOS indicou que o alerta foi dado pela REFER -- Infraestruturas de Portugal e que acorreram ao local três viaturas daquela corporação de bombeiros, uma viatura médica do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e a PSP.

A Lusa tentou, sem sucesso, obter informações da REFER sobre o sinistro.

Lusa

  • "Ataque terrorista" no centro de Barcelona

    Ataque em Barcelona

    Uma carrinha atropelou várias pessoas esta tarde em Barcelona, Espanha, na área turística de Las Ramblas. A polícia confirma oficialmente um morto e 32 feridos, mas outras fontes asseguram a existência de várias vítimas mortais. As autoridades falam de um "ataque terrorista" e revelaram a foto do suspeito.

    Direto

    SIC

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19