sicnot

Perfil

País

Politécnico de Leiria confirma desaparecimento de aluno de nacionalidade polaca

O Instituto Politécnico de Leiria (IPL) confirmou hoje o desaparecimento de um jovem polaco, aluno da instituição no mestrado em Engenharia da Energia e do Ambiente

CARLOS BARROSO

Em comunicado, o IPL "confirma que se encontra desaparecido um estudante polaco de 24 anos", que frequentava o instituto ao abrigo do programa Erasmus.

O IPL assumiu esta posição pública "na sequência de informações divulgadas", desde sexta-feira, sobre o desaparecimento de um jovem na noite de passagem de ano, na praia da Nazaré, no distrito de Leiria.

O estabelecimento de ensino está a acompanhar o sucedido, "mantendo um contato permanente com os colegas do estudante desaparecido e com as autoridades", além de "lamentar profundamente esta situação, pelo que continuará a prestar todo o apoio possível", adianta na nota.

As buscas em terra para encontrar um homem desaparecido na praia da Nazaré foram hoje suspensas às 18:00 e serão retomadas e alargadas a norte no domingo de manhã, disse o capitão do porto local, Gomes Agostinho, à agência Lusa.

Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras