sicnot

Perfil

País

Politécnico de Leiria confirma desaparecimento de aluno de nacionalidade polaca

O Instituto Politécnico de Leiria (IPL) confirmou hoje o desaparecimento de um jovem polaco, aluno da instituição no mestrado em Engenharia da Energia e do Ambiente

CARLOS BARROSO

Em comunicado, o IPL "confirma que se encontra desaparecido um estudante polaco de 24 anos", que frequentava o instituto ao abrigo do programa Erasmus.

O IPL assumiu esta posição pública "na sequência de informações divulgadas", desde sexta-feira, sobre o desaparecimento de um jovem na noite de passagem de ano, na praia da Nazaré, no distrito de Leiria.

O estabelecimento de ensino está a acompanhar o sucedido, "mantendo um contato permanente com os colegas do estudante desaparecido e com as autoridades", além de "lamentar profundamente esta situação, pelo que continuará a prestar todo o apoio possível", adianta na nota.

As buscas em terra para encontrar um homem desaparecido na praia da Nazaré foram hoje suspensas às 18:00 e serão retomadas e alargadas a norte no domingo de manhã, disse o capitão do porto local, Gomes Agostinho, à agência Lusa.

Lusa

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.