sicnot

Perfil

País

S. José tinha ordem para transferir doentes para outros hospitais desde junho

Dada a falta de equipas de prevenção ao fim de semana, o Hospital de São José tinha ordem para transferir doentes com aneurisma para outras unidades desde julho passado.

Hospital de São José, Lisboa

Hospital de São José, Lisboa

A diretiva partiu da Entidade Reguladora da Saúde e é noticiada pelo Público.

De acordo com o jornal, a ERS recomendou em julho, que o São José reencaminhasse os doentes com rutura de aneurisma para outros hospitais, por falta de equipas de especialistas de prevenção ao fim de semana, devido aos cortes nas horas extraordinárias.


Há um ano, em janeiro, a ERS decidiu investigar o que se passava no São José na sequência da publicação de uma notícia que relatava o problema que só teve solução depois da morte de David Duarte.

O jovem de 29 anos morreu por falta de assistência especializada no passado dia 14 de dezembro.

  • Cavaco apela ao voto contra a eutanásia
    1:09

    País

    A eutanásia será discutida no Parlamento na terça-feira e os deputados do PS e PSD terão liberdade de voto. O PCP e CDS já se anteciparam e garantem que vão votar contra. Cavaco Silva é outra voz crítica em relação a esta questão. O ex-Presidente da República diz que é a decisão mais grave que os deputados podem tomar e apela que nas legislativas de 2019 não se vote nos partidos que forem a favor da morte medicamente assistida.

  • Papa terá pedido a bispos que rejeitem seminaristas homossexuais
    1:15
  • Duquesa de Sussex já tem brasão

    Harry & Meghan

    O Palácio de Kensington apresentou esta sexta-feira o brasão da Duquesa de Sussex, Meghan Markle. O brasão foi criado pelo College of Arms mas teve a ajuda da duquesa para que este fosse "pessoal e representativo".

    SIC

  • Moradores de Lake Worth recebem alerta para invasão de mortos-vivos

    Mundo

    E se de repente recebesse uma mensagem que alertava que a sua cidade estava a ser atacada por mortos-vivos? Foi o que aconteceu com os moradores da cidade norte-americana de Lake Worth, que foram surpreendidos durante a madrugada por uma mensagem de emergência dos serviços estatais, que os avisava de "atividade extrema de mortos-vivos".

    SIC