sicnot

Perfil

País

António Costa recebe líder do PSOE espanhol na quinta-feira

O secretário-geral do PS, António Costa, recebe na quinta-feira o líder do PSOE, Pedro Sanchez, um encontro que decorre no quadro das relações bilaterais entre os socialistas portugueses e espanhóis.

Líder do PSOE, Pedro Sánchez (Reuters)

Líder do PSOE, Pedro Sánchez (Reuters)

© Sergio Perez / Reuters

Fonte da direção do Partido Socialista disse à agência Lusa que a reunião está marcada para as 14:30 de quinta-feira na sede nacional do PS, no Largo do Rato, em Lisboa.

O encontro decorre num momento em que António Costa é primeiro-ministro de um governo com o suporte parlamentar dos partidos da esquerda, Bloco de Esquerda, PCP e PEV, e quando o PSOE rejeita a formação de um executivo liderado pelos conservadores do PP de Mariano Rajoy.

O PSOE (Partido Socialista Operário Espanhol) foi o segundo partido mais votado nas eleições de dezembro passado, que foram ganhas pelo PP, mas ficou longe da maioria absoluta.

A vitória curta do PP, sem maioria absoluta (123 deputados), abriu caminho a um eventual acordo do PSOE de Pedro Sánchez (90 deputados) com outras forças de esquerda, como o Podemos e os independentistas catalães da Esquerra Republicana Catalana (ERC,) para afastar a direita do poder (que ocupa desde 2011).

Os "barões" do PSOE - na Andaluzia ou na Extremadura - afirmaram após as eleições que os socialistas não devem "entrar em aventuras", formando um governo a quatro ou a cinco partidos. Rejeitam sobretudo uma das "linhas vermelhas" do Podemos: reformar a constituição para permitir um referendo sobre a independência, mas apenas na Catalunha.

Lusa

  • Rui Vitória não espera facilidades frente ao Tondela
    1:34

    Desporto

    O líder do campeonato, o Benfica, recebe este domingo o último classificado, o Tondela. Na conferência de antevisão do encontro, Rui Vitória afirmou que não espera facilidades. O treinador do Benfica falou ainda de Sebastian Coates.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.