sicnot

Perfil

País

Armazenamento de água em dezembro de 2015 subiu em seis bacias hidrográficas

A quantidade de água armazenada em dezembro de 2015 em bacias hidrográficas em Portugal continental aumentou em seis infraestruturas e diminuiu em outras seis, relativamente ao mês anterior, segundo o Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos (SNIRH).

A cada bacia hidrográfica pode corresponder mais do que uma albufeira. (SIC/Arquivo)

A cada bacia hidrográfica pode corresponder mais do que uma albufeira. (SIC/Arquivo)

De acordo com o boletim de armazenamento de albufeiras do SNIRH, no último dia do mês de dezembro passado, comparativamente a igual período do mês anterior, verificou-se um aumento do volume armazenado em seis bacias hidrográficas e uma descida em outras seis.

Das 57 albufeiras monitorizadas, 12 apresentaram disponibilidades hídricas superiores a 80% do volume total e 11 disponibilidades inferiores a 40%.

Os níveis mais elevados de armazenamento de água em dezembro de 2015 ocorreram nas bacias do Cávado (80,7%), Guadiana (74,3%), Mira (73,2%), Mondego (72,8%), Barlavento (71,1%), Douro (69,4%), Lima (68,8%), Tejo (62,4%), Ave (56,9%), Oeste (56,2%), Arade (53,5%) e Sado (38,7%).

O SNIRH indica que os armazenamentos de dezembro de 2015, por bacia hidrográfica, apresentaram-se superiores às médias de aquele mês entre 1990/91 a 2014/15, exceto para o Ave, Ribeiras do Oeste, Tejo, Sado, Guadiana e Mira.

A cada bacia hidrográfica pode corresponder mais do que uma albufeira, segundo a definição oficial.

Lusa

  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.