sicnot

Perfil

País

Oito barras fechadas devido à forte agitação marítima

Oito barras de Portugal continental estão hoje fechadas a toda a navegação e outras duas condicionadas devido à agitação marítima forte, prevendo-se ondas com quatro a cinco metros, segundo a Marinha portuguesa.

ANTÓNIO ARAÚJO

De acordo com informação disponível na página da Marinha na Internet, estão fechadas a toda a navegação as barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Douro, Figueira da Foz e São Martinho do Porto.

A Marinha indica também que as barras de Viana do Castelo e Aveiro estão fechadas a embarcações com comprimento inferior a 30 e 35 metros, respetivamente.

Por causa da agitação marítima, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob 'Aviso Amarelo', o terceiro mais grave de uma escala de quatro, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Leiria, Coimbra, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro entre as 02:00 de hoje e as 06:00 de quarta-feira, prevendo-se ondas com 4 a 5 metros.

O 'Aviso Amarelo', o terceiro mais grave numa escala de quatro níveis, alerta para situações de risco para determinadas atividades dependentes das condições meteorológicas.

O instituto prevê para hoje na costa ocidental ondas de noroeste com quatro a cinco metros, sendo de 3,5 a 4,5 metros a sul do Cabo Raso.

Na costa sul, os meteorologistas prevêm ondas de sudoeste com um a dois metros, sendo de dois a dois metros e meio na parte mais oeste.

O IPMA prevê para hoje no continente períodos de céu muito nublado, aguaceiros, que serão de neve acima de 800 metros nas regiões norte e centro, sendo fracos e pouco frequentes na região sul e condições favoráveis à ocorrência de trovoada e granizo nas regiões norte e centro, em especial até ao meio da tarde.

A previsão aponta também para vento fraco a moderado de noroeste, soprando temporariamente moderado a forte no litoral oeste e nas terras altas, com rajadas até 80 quilómetros por hora, neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e descida de temperatura.

Em Lisboa, as temperaturas vão oscilar entre 11 e 13 graus Celsius, no Porto entre 08 e 11, em Viana do Castelo entre 07 e 11, em Braga entre 06 e 11, em Vila Real e Viseu entre 03 e 06, em Bragança entre 02 e 06, na Guarda entre 02 e 03, em Castelo Branco entre 06 e 09, em Coimbra entre 07 e 10, em Leiria entre 08 e 12, em Santarém entre 09 e 13, em Portalegre entre 05 e 07, em Évora entre 08 e 11, em Beja entre 08 e 12 e em Faro entre 11 e 16.

Para a Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, aguaceiros fracos até ao início da tarde, em especial nas vertentes norte, vento fraco a moderado do quadrante norte, soprando temporariamente moderado a forte nas terras altas e pequena descida de temperatura.

No Funchal as temperaturas vão variar entre 15 e 20 graus.

O IPMA prevê para hoje para o arquipélago dos Açores períodos de céu muito nublado com abertas, aguaceiros fracos e vento fraco, tornando-se moderado a fresco com rajadas da ordem dos 55 quilómetros por hora.

Quanto às temperaturas, em Santa Cruz das Flores vão oscilar entre 13 e 18 graus, na Horta, Ponta Delgada e em Angra do Heroísmo entre 12 e 17.


Lusa

  • Santana Lopes confirma buscas na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
    1:26

    País

    Pedro Santana Lopes confirmou esta quarta-feira a realização de buscas por parte da polícia judiária à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. O provedor da Santa Casa disse aos jornalistas que o processo está relacionado com suspeitas em compras efetuadas pela Misericórdia, situação que há dois anos já tinha sido objeto de inquérito interno.

  • Oposição aproveita debate quinzenal para questões sobre a CGD
    2:35

    Caso CGD

    A oposição aproveitou o debate quinzenal para questionar o primeiro-ministro sobre a polémica em torno da Caixa Geral de Depósitos. O CDS exigiu provas de António Costa para afirmar que as contas do banco foram maquilhadas e o PSD perguntou ao primeiro-ministro se não estranha a demissão de António Domingues quando este apresentou a declaração de rendimentos.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.