sicnot

Perfil

País

Quinze distritos sob aviso amarelo devido ao mau tempo

Quinze distritos do continente estão hoje sob 'Aviso Amarelo' devido à previsão de agitação marítima, queda de neve e vento forte, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

© Tobias Schwarz / Reuters

De acordo com o IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro e Coimbra estão sob 'Aviso Amarelo' devido à previsão de agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com quatro a cinco metros entre 02:00 de hoje e as 06:00 de quarta-feira.

Estes distritos estão também sob 'Aviso Amarelo' por causa do vento forte (entre as 06:00 e as 21:00 de hoje), com rajadas da ordem dos 80 quilómetros por hora e devido à queda de neve acima dos 800 metros (entre as 02:00 de hoje e as 03:00 de quarta-feira).

O instituto colocou também sob 'Aviso Amarelo' os distritos de Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda e Castelo Branco devido à queda de neve acima dos 800 metros entre as 02:00 de hoje e as 00:00 de quarta-feira.

Sob 'Aviso Amarelo' estão ainda os distritos de Leiria, Lisboa, Beja, Setúbal e Faro devido à agitação marítima (entre as 02:00 de hoje e as 18:00 de quarta-feira) e vento forte com rajadas da ordem dos 80 quilómetros por hora (entre as 06:00 e as 21:00 de hoje).

O 'Aviso Amarelo', o terceiro mais grave numa escala de quatro níveis, alerta para situações de risco para determinadas atividades dependentes das condições meteorológicas.

O IPMA prevê para hoje no continente períodos de céu muito nublado, aguaceiros, que serão de neve acima de 800 metros nas regiões norte e centro, sendo fracos e pouco frequentes na região sul, e condições favoráveis à ocorrência de trovoada e granizo nas regiões norte e centro, em especial até ao meio da tarde.

A previsão do instituto aponta também para vento fraco a moderado de noroeste, soprando temporariamente moderado a forte no litoral oeste e nas terras altas com rajadas até 80 quilómetros por hora, neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e descida de temperatura.

Em Lisboa, as temperaturas vão oscilar entre 11 e 13 graus Celsius, no Porto entre 8 e 11, em Viana do Castelo entre 7 e 11, em Braga entre 6 e 11, em Vila Real e Viseu entre 3 e 6, em Bragança entre 2 e 6, na Guarda entre 2 e 3, em Castelo Branco entre 6 e 9, em Coimbra entre 7 e 10, em Leiria entre 8 e 12, em Santarém entre 9 e 13, em Portalegre entre 5 e 7, em Évora entre 8 e 11, em Beja entre 8 e 12 e em Faro entre 11 e 16.

Para a Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, aguaceiros fracos até ao início da tarde, em especial nas vertentes norte, vento fraco a moderado do quadrante norte, soprando temporariamente moderado a forte nas terras altas e pequena descida de temperatura.

No Funchal as temperaturas vão variar entre 15 e 20 graus.

O IPMA prevê para hoje para o arquipélago dos Açores períodos de céu muito nublado, com abertas, aguaceiros fracos e vento fraco, tornando-se moderado a fresco com rajadas da ordem dos 55 quilómetros por hora.

Quanto às temperaturas, em Santa Cruz das Flores vão oscilar entre 13 e 18 graus, na Horta, Ponta Delgada e em Angra do Heroísmo entre 12 e 17.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.