sicnot

Perfil

País

PJ investiga alegado envenenamento de um menor por mãe que depois se suicidou

A Polícia Judiciária na Madeira está a investigar um alegado envenenamento de um menor de 11 anos pela própria mãe que a seguir ter-se-á suicidado, disse à Lusa fonte daquela força policial.

Uma mulher de 53 anos, residente na Ponta do Sol, concelho a oeste do Funchal, terá envenenado com "um pesticida o filho e depois ter-se-á suicidado", explicou a mesma fonte.

Os indícios recolhidos até agora por aquela força policial indicam "a existência de uma carta da mãe, dirigida à família, justificando a morte de ambos", o que indicia um homicídio seguido de suicídio.

O alerta foi dado pelas 02:40 aos bombeiros da Ribeira Brava, por uma familiar que encontrou mãe e filho já mortos em casa.

"Nós fomos chamados pelas 02:40 para um local na Ponta do Sol e quando chegámos deparámo-nos com uma mãe e um filho já com rigidez cadavérica", explicou o comandante dos bombeiros da Ribeira Brava, Agostinho Silva.

Foram chamados ao local o delegado de saúde e a Polícia de Segurança Pública. O caso foi posteriormente entregue à jurisdição da PJ, que ainda se encontra no local a recolher indícios.

Lusa

  • Quem é Elon Musk?
    9:42
  • "Bashar Al-Assad continua a fazer tudo o que quer contra o seu próprio povo"
    0:48
  • A história da neta de um dos mais cruéis comandantes da II Guerra Mundial
    3:20