sicnot

Perfil

País

SEF desmantela rede de falsificação de documentos

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve um cidadão estrangeiro e desmantelou uma organização criminosa ligada à venda de documentação falsa a imigrantes em situação irregular no espaço Schengen, informou hoje o SEF.

Segundo o SEF, foram cumpridos 11 mandados judiciais nas áreas de Lisboa, Seixal, Queluz, Estoril e Alenquer, com a realização de seis buscas a domicílios e cinco buscas a viatura, a par de outras diligências para obtenção de prova.

A operação - diz o SEF - culminou com a detenção de um cidadão estrangeiro na posse de um bilhete de identidade português contrafeito, tendo sido constituídos arguidos sete suspeitos.

A investigação, em curso no SEF há nove meses, visou desmantelar uma organização criminosa que se dedicava, de forma reiterada, à falsificação ou contrafação de diversos tipos de documentos, para venda a cidadãos estrangeiros que se encontram em situação irregular no espaço Schengen.

Em causa estão crimes de associação criminosa, de auxílio à imigração ilegal e de falsificação ou contrafação de documento, entre outros ilícitos.

A operação mobilizou quatro dezenas de operacionais do SEF e durante as buscas foi apreendido diversa documentação falsa, nomeadamente bilhetes de identidade portugueses, passaportes portugueses e estrangeiros e cartões de residência portugueses.

Foi também apreendida moeda falsa e material utilizado na produção da documentação falsa, designadamente laminados, imitação de selo branco e material cortante.

O cidadão estrangeiro detido será apresentado quinta-feira ao juiz de Instrução Criminal de Lisboa.

A investigação do SEF prossegue, sob coordenação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.