sicnot

Perfil

País

Alerta para possibilidade de cheias e deslizamento de terras

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou hoje para a possível ocorrência de cheias e de deslizamento de terras devido ao agravamento das condições meteorológicas para os próximos dias.

LU\303\215S FORRA

Em comunicado, a ANPC dá conta de um "agravamento das condições meteorológicas" para os próximos dias, em especial nas regiões a norte do rio Tejo e nas regiões do Minho e do Douro Litoral.

A Proteção Civil refere que podem ocorrer "inundações rápidas em zonas historicamente vulneráveis", especialmente nas bacias hidrográficas dos rios Minho, Lima, Cávado, Ave, Vouga, Douro e Mondego.

"Não é de excluir a eventual ocorrência de situações de cheias associadas ao aumento do caudal das principais linhas de água", adianta a ANPC, dando também conta que as condições de saturação dos solos mostram-se favoráveis à "ocorrência de deslizamentos de terras, especialmente nas zonas de declive mais acentuado".

O alerta da Proteção Civil surge após o contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que prevê precipitação persistente com picos de maior intensidade durante o dia de sexta-feira e de domingo, podendo os valores acumulados ultrapassar os 200 milímetros durante esses períodos.

Para os próximos dias, o IPMA prevê também queda de neve acima dos 1.400 metros, podendo descer pontualmente aos 1.200 metros, e o vento a soprar forte com rajadas da ordem dos 90 quilómetros por hora, no litoral, e 100 quilómetros por hora, nas terras altas, além de agitação marítima na costa ocidental com ondas até cinco metros.

Tendo em conta as condições meteorológicas, a ANPC alerta para o piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água e gelo, além da possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, inundações e queda de ramos ou de árvores devido ao vento mais forte.

Como medidas preventivas, a Proteção Civil recomenda à população para adotar uma condução defensiva e reduzir a velocidade, desobstruir os sistemas de escoamento das águas pluviais, colocar correntes de neve nas viaturas e não atravessar zonas inundadas.

Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, não praticar atividade relacionada com o mar e ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira, zonas ribeirinhas e áreas com árvores são outras das recomendações da ANPC.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Casas de Luís Filipe Vieira e Pedro Guerra foram alvo de buscas
    2:39

    Desporto

    O caso dos emails levou esta quinta-feira a Polícia Judiciária a fazer buscas no Estádio da Luz e nas casas de Luís Filipe Vieira, o comentador Pedro Guerra e Paulo Gonçalves, o assessor jurídico do clube das águias. O advogado foi constituído arguido, mas só porque um advogado para ser alvo de buscas precisa de ser arguido.

  • Buscas no Benfica? "A Justiça está a funcionar"
    0:18

    Desporto

    Bruno de Carvalho reagiu esta quinta-feira às buscas efetuadas no Benfica. À saída de uma audiência no Ministério da Educação, o presidente do Sporting abordou o tema para dizer que é sinal de que a justiça está a funcionar.

  • Este foi provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC