sicnot

Perfil

País

Jerónimo de Sousa acusa Marcelo de "nunca dizer o que pretende"

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, acusou hoje o candidato presidencial Marcelo Rebelo de Sousa de "estar de acordo com uma coisa e com outra e o seu contrário" e de "nunca dizer o que pretende".

Marcelo Rebelo de Sousa "tem tido a arte de fazer uma coisa espantosa, que é estar de acordo com uma coisa e com outra e o seu contrário, anda como um intocável, alguém que está acima destas coisas, sem nunca dizer o que pretende", afirmou Jerónimo de Sousa.

O líder comunista discursava numa sessão pública do PCP, perante várias dezenas de apoiantes, no auditório da Biblioteca Municipal Almeida Faria, em Montemor-o-Novo, no distrito de Évora.