sicnot

Perfil

País

Prisão preventiva para suspeitos da morte de jovem em Chaves

O Tribunal de Chaves decretou a prisão preventiva aos dois suspeitos de terem matado e enterrado um jovem de 15 anos no quintal de uma moradia, naquela cidade do distrito de Vila Real, disse hoje fonte policial.

Os dois suspeitos, uma mulher de 31 anos e um homem de 19 anos, foram detidos pela Polícia Judiciária (PJ) e presentes a tribunal durante a tarde de quinta-feira, numa audiência que se prolongou até à madrugada de hoje.

Ambos vão aguardar julgamento em prisão preventiva e indiciados pelo crime de homicídio e de ocultação do cadáver de um rapaz que estava institucionalizado no Lar de Infância e Juventude, que pertence à Santa Casa da Misericórdia de Chaves.

O cadáver foi localizado no dia 04 de novembro de 2015, enterrado no jardim de uma vivenda, em Santa Cruz, na cidade de Chaves.

Os factos, segundo esclareceu a PJ, em comunicado, ocorreram em finais do mês de outubro, quando os suspeitos, "mediante plano previamente estabelecido e por motivo fútil, agrediram violentamente a vítima até à morte".

A polícia fala num crime com "utilização de violência física extrema", já que o jovem terá sido morto à pancada e o seu corpo posterirmente queimado, alegadamente para dificultar a identificação do cadáver.

Posteriormente, com a colaboração de dois jovens do sexo masculino e feminino, de 15 e 12 anos, respetivamente, procederam à ocultação do cadáver da vítima, que estava institucionalizada.

Os dois menores foram identificados pela PJ e sujeitos a medidas tutelares.

A PJ referiu que os suspeitos estão ainda indiciados por vários roubos "por esticão" e furto qualificado perpetrados nos últimos meses nas cidades de Lamego, Peso da Régua, Vila Real e Chaves.

Lusa

  • Morto à pancada, enterrado e queimado em quintal
    2:28

    País

    A Polícia Judiciária conseguiu finalmente identificar o corpo que apareceu num quintal de Chaves há dois meses. Trata-se de um jovem de 15 anos que estava institucionalizado na Escola Agrícola de Artes e Ofícios. Tudo indica que terá sido morto por elementos de um grupo que fazia assaltos em Chaves. A Judiciária de Vila Real não revela pormenores do crime mas adianta que os dois menores também identificados tiveram envolvimento na ocultação do cadáver.

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50