sicnot

Perfil

País

Há mais vozes de defesa que contra projeto da 2ª Circular, garante Câmara de Lisboa

O presidente do município lisboeta desvalorizou hoje as críticas ao projeto da autarquia para a Segunda Circular, assegurando que tem havido mais vozes favoráveis do que contra a intervenção, que inclui alterações em nós de acesso e na velocidade.

A ideia da autarquia de Lisboa é fazer da Segunda Circular um corredor arborizado como se vê na imagem

A ideia da autarquia de Lisboa é fazer da Segunda Circular um corredor arborizado como se vê na imagem

"Tem havido críticas ao projeto, mas tem havido muito mais vozes na defesa do projeto e é precisamente esse o objetivo de uma consulta pública: é ouvir as opiniões das várias pessoas sobre o projeto [...] para, com base nessa opinião, podermos adaptar, melhorar e incorporar os contributos que surjam para a melhoria do nosso projeto", afirmou Fernando Medina, que falava em conferência de imprensa nos Paços do Concelho sobre o plano "Pavimentar Lisboa", no qual se insere a pavimentação da Segunda Circular.

O autarca socialista salientou que "há aqueles que não leram o projeto e que criticam aspetos que não estão" no plano, tais como a redução do número de faixas (que não está prevista), a alteração da largura das vias (que já existe numa parte da estrada, mas será aplicada noutras zonas) e a criação de ciclovias (que também não está prevista).

"Vai continuar a ser uma via viária que vai servir automóveis. Queremos que, naturalmente, sirva a melhoria da qualidade de vida da cidade, mas não [...] vão circular pessoas nem vai ter lojas nem parques infantis", assegurou, recusando a ideia de transformar a Segunda Circular numa avenida.

  • Segunda Circular vai ter menos asfalto e velocidade mais limitada
    1:21

    País

    Uma das principais artérias de Lisboa vai sofrer alterações de fundo. A 2ª Circular vai passar de via rápida a via urbana, com mais árvores, menos asfalto e velocidade limitada aos 60 quilómetros por hora. As alterações defendidas pela autarquia estão em discussão pública até ao final da próxima semana.

  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • Duas pessoas alvejadas devido a disputa de linha de água em Cabeceiras de Basto
    1:23

    País

    Duas pessoas foram alvejadas por causa de uma disputa de uma linha de água, esta terça-feira, em Cabeceiras de Basto. O suspeito escondeu-se num barracão, mas acabou por ser detido pela GNR. As vítimas sofreram ferimentos ligeiros no braço e no peito. O tenente André Rodrigues, do Comando de Braga, revelou que os disparos foram feitos com uma caçadeira.

  • Governo quer entregar OE 2018 a 13 de outubro
    1:33
  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

  • Três irmãos resgatados dos escombros em Itália
    1:24
  • Participante no incidente em Charlottesville teme pela vida
    1:43

    Mundo

    Um dos participantes nos incidentes em Charlottesville e membro de um grupo de extrema-direita supremacista teme vir a ser detido ou até morto, pelas declarações que fez durante uma reportagem da Vice News, que se tornou viral nas redes sociais.