sicnot

Perfil

País

Açores sob aviso laranja devido à chuva

O arquipélago dos Açores está hoje sob 'Aviso Laranja', o segundo mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de precipitação, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Lusa

Lusa

EDUARDO COSTA

De acordo com o IPMA, Corvo e Flores (grupo ocidental), Graciosa, Terceira, São Jorge, Pico e Faial (grupo central) e Ponta Delgada e Santa Maria (grupo oriental) estão sob 'Aviso Laranja' desde as 04:00 e até às 09:00 de hoje, devido à previsão de chuva.

O 'Aviso Laranja' refere-se a uma situação meteorológica "de risco moderado a elevado".

O IPMA colocou ainda o grupo ocidental sob 'Aviso Amarelo' por causa do vento forte, entre as 04:00 e as 14:00 de hoje.

O 'Aviso Amarelo' é o terceiro mais grave numa escala de quatro e é considerada uma situação de risco para determinadas atividades dependente da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje no grupo ocidental céu geralmente muito nublado, períodos de chuva, temporariamente forte durante a madrugada e manhã, passando a aguaceiros e vento leste forte com rajadas até 90 quilómetros por hora durante a madrugada, rodando para nordeste.

No grupo central prevê-se céu geralmente muito nublado, condições favoráveis à formação de neblinas, períodos de chuva, temporariamente forte, passando a aguaceiros, possibilidade de trovoadas e vento leste fresco a muito fresco, com rajadas até 85 quilómetros por hora, rodando gradualmente para nordeste.

Para o grupo oriental, o instituto prevê céu geralmente muito nublado, períodos de chuva, condições favoráveis à formação de neblinas e vento sueste muito fresco com rajadas até 70 quilómetros por hora, tornando-se fresco e rodando gradualmente para sudoeste.

Em Ponta Delgada as temperaturas vão oscilar entre 11 e 17 graus Celsius, em Santa Cruz das Flores entre 9 e 12, na Horta entre 10 e 16 e em Angra do Heroísmo entre 10 e 17.

Na Madeira prevê-se céu com períodos de muita nebulosidade e vento fraco a moderado predominando de sueste.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão variar entre 08 e 15 graus Celsius, no Porto entre 07 e 13, em Bragança entre 03 e 07, em Vila Real entre 05 e 09, em Viseu entre 03 e 09, na Guarda entre 03 e 06, em Castelo Branco entre 05 e 12, em Santarém entre 06 e 15, em Coimbra entre 07 e 13, em Évora entre 06 e 13, em Beja entre 06 e 14, em Faro entre 09 e 17, no Funchal entre 16 e 22, em Ponta Delgada entre 11 e17, em Angra do Heroísmo entre 10 e 17 e em Santa Cruz das Flores entre 09 e 12.

Lusa

  • "Sobre este pântano, não é possível jogar futebol seriamente na próxima época"
    4:46

    Opinião

    David Borges esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, da SIC Notícias, onde analisou as acusações do FC Porto ao Benfica, no caso dos e-mails. O comentador da SIC disse que falta saber se "tudo é verdade" e se os documentos são verdadeiros, o que compete ao Ministério Público apurar. David Borges defendeu ainda que era "bom" que a investigação decorresse de forma rápida e profunda; e não acredita que perante a polémica, se consiga jogar "futebol seriamente", na próxima época.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Metade dos moradores de Sandinha recusaram sair das casas
    3:14
  • Habitantes de Várzeas tentam regressar à normalidade
    2:48
  • Corpos da tragédia em Pedrógão guardados em camião de alimentos
    8:11

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Duarte Nuno Vieira, médico legista, esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, para comentar o que já foi feito e o que falta fazer em Pedrógão Grande, depois de ter sido atingido pelos incêndios. O presidente do Conselho Europeu de Medicina Legal defendeu que guardar os corpos das vítimas mortais num camião de alimentos foi uma "maneira de solucionar o problema da forma possível", visto que não há espaço no Instituto Nacional De Medicina Legal.

  • Trump volta a garantir que não tentou interferir na investigação do FBI
    0:17

    Mundo

    O Presidente dos EUA reitera que não tentou interferir na investigação do FBI em relação às alegadas interferências da Rússia nas eleições presidenciais. Questionado sobre as gravações das conversas que manteve com o ex-diretor da polícia de investigação, James Comey, Donald Trump prometeu esclarecimentos num futuro breve.

  • "A informação pode ter saído depois da hora do exame de Português"
    1:19

    País

    O presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais diz que é preciso aguardar pelas conclusões do relatório sobre a alegada fuga de informação do exame nacional de Português. Jorge Ascensão defende que a investigação deve causar o mínimo de impacto aos alunos que realizaram a prova.