sicnot

Perfil

País

Ciclone tropical Alex deve atingir Açores na noite de quinta-feira

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) informou esta quarta-feira que o ciclone tropical Alex deve atingir os Açores no final do dia de quinta-feira, situação que pode originar fenómenos extremos de chuva, vento e agitação marítima.

(Arquivo)

(Arquivo)

© STR New / Reuters

Em declarações à agência Lusa, pelas 20:00 (mais uma hora em Lisboa), a meteorologista Vanda Costa, da delegação regional dos Açores do IPMA, informou que o ciclone tropical "está sensivelmente a 1.260 quilómetros sul-sudoeste dos Açores, a deslocar-se para nordeste".

"Nas próximas 48 horas deve manter a sua força e chegará aos Açores no final do dia de quinta-feira, prolongando-se até sexta-feira", adiantou Vanda Costa, referindo que se prevê que o ciclone tropical atinja os grupos central (ilhas do Faial, Pico, Terceira, Graciosa e São Jorge) e oriental (São Miguel e Santa Maria) do arquipélago.

A meteorologista explicou que um ciclone é "uma depressão cujos ventos atingem velocidade elevada e, por norma, inclui precipitação", salientando que "é uma situação que poderá originar fenómenos extremos de chuva, vento e de agitação marítima".

Segundo Vanda Costa, "este ciclone tropical Alex é, desde 1978, o primeiro a formar-se em janeiro, de acordo com o National Hurricane Center, sediado em Miami, Estados Unidos da América".

"É, também, apenas o quarto conhecido no mês de janeiro desde que há registos, ou seja, desde 1851", afirmou Vanda Costa, acrescentando que "nas próximas horas o IPMA prevê emitir avisos meteorológicos de acordo com o evoluir da situação".

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.